terça-feira, 2 março 2021
Início Eventos Trator Ford 54 todo reformado vai puxar o Wurstwagen nos desfiles da...

Trator Ford 54 todo reformado vai puxar o Wurstwagen nos desfiles da Oktoberfest

 

 

Foto: Jaime Batista da Silva

 

Fotos: Marlise Cardoso Jensen

Desde 2006, o grupo Wurstwagen participa dos desfiles da Oktoberfest com uma antiga motocicleta java de carga russa com motor de 200 cilindradas. Mas precisava de mais força de tração para puxar o carro alegórico com 150 litros de chope e um defumador. Chegaram a ser usadas quatro embreagens nos desfiles por edição da festa.

 

 

“Precisávamos de algo mais robusto, quando entramos em contato com um escritório de arquitetura que sugeriu um trator Ford 54. Uns amigos conheciam um que estava parado há 20 anos com a família Moser de Indaial e fomos atrás. O primeiro valor ficou um pouco caro e depois de 30 dias negociando, fechamos negócio”, disse o presidente e DJ do Grupo, Denny Mello.

 

Denny Mello assumiu a presidência do grupo Wurstwagen em 2019, apesar de já ter feito parte da diretoria em gestões anteriores

 

Uma comissão montada pelo grupo Wurstwagen trabalhou durante um ano no projeto. O veículo com 7 m de comprimento, 3 m de largura e 2,8 m de altura, passou por uma reforma geral, que ficou a cargo dos engenheiros Bruno Seyfferth e João Theindl, da RSC de Indaial. O design é de Eduardo Dutra e Andreia Quintino Santana, da Casa Arquitetura.

O carro tem três bicas de chopp Zehn Bier e uma de água, varais com linguiça IPOM e som eletrônico da Pitbull. O resultado final foi apresentado na noite desta terça-feira (1/10/19) para a imprensa e convidados, em um evento no Tamandaré Food Park, em Blumenau.

 

 

Mas teve clima de suspense, porque quem chegava só via o veículo com um pano por cima. Na abertura, ele foi retirado com direito a gelo seco e cerimônia com som. Integrantes da família Moser também acompanharam o evento, certamente para conhecer o resultado final. Aliás o carinho pelo trator era tanto, que foi vendido com o manual em português e inglês.

 

 

Hoje o grupo é formado por 60 integrantes, entre adultos e crianças. O nome faz referência à linguiça Blumenau, um produto típico da região, desenvolvido pelos colonos alemães com técnicas da terra natal, mas com ingredientes locais. Também foi o primeiro nome da Rua 15 de Novembro, onde acontecem os desfiles e a principal via pública do Centro. A linguiça tem o nome da cidade e é reconhecida como patrimônio cultural imaterial.

Em cada um dos seis desfiles de 2019, serão distribuídas 50 quilos de linguiça para o público, que totalizam 300 quilos. A qualidade pudemos experimentar no evento e podemos garantir que é muito boa, produzido por uma empresa de Blumenau.

 

 

Claus Jensen
Claus Jensenhttp://www.oblumenauense.com.br
Trabalhei com publicidade há mais de 30 anos, fiz teatro durante 8, apresentei programa de televisão outros 5 e sou blogueiro desde 2007. Mas minha maior paixão é a família, e claro, essa fascinante Blumenau.

MAIS LIDAS