domingo, 23 janeiro 2022
InícioGeralTerça (10) será um dia importante para a vida de Guilherme e...

Terça (10) será um dia importante para a vida de Guilherme e seus pais

menino_01

Recebemos um pedido de ajuda em nossa página de Facebook, enviada por pais que tentam salvar a vida de seu filho e precisam de ajuda financeira para uma cirurgia. Compartilhamos com vocês a história descrita nos perfis de Pamela Da Cunha StahelinEduardo Stahelin.

Em dezembro de 2013, a família do menino Guilherme Stahelin teve uma triste notícia. Foi descoberto um tumor na cabeça formado pelo câncer rabdomiossarcoma.  A princípio o tratamento com quimioterapia e radioterapia até metade do ano passado, tinha eliminado o tumor. Mas novos exames mostraram em abril de 2015, que ele tinha voltado. E o pior,  passou para os pulmões. Um cirurgia em maio retirou 5 nódulos do pulmão direito, e outros 9 do esquerdo em outra cirurgia feita no mês de julho.

menino_02Guilherme faz tratamento de quimioterapia para reduzir ao máximo outro tumor na face, que regrediu um pouco, mas necessita de uma cirurgia. Segundo o médico que estava tratando o menino, em Blumenau não existem os recursos técnicos necessários para realizá-la. Pior,  se não for feita corretamente, corre o risco de deformar seu rosto. Então os pais chegaram até o Dr. Ricardo Ramina, Chefe do Serviço de Neurocirurgia do Instituto de Neurologia de Curitiba, que reúne todos os recursos para realizá-la.

A cirurgia não irá curá-lo, mas os médicos vão tirar o máximo do tumor que puderem, para que Guilherme volte a fazer quimio/radioterapia e secá-la de vez. O tumor é imprevisível e os médicos acham que é o melhor momento para fazer a cirurgia. Os pais estão cientes de que ele pode voltar, mas é filho, e eles tentarão de tudo para salvar sua vida.

Guilherme-Stahelin_04A cirurgia está marcada para terça-feira (10) e eles precisam de ajuda para pagar os R$ 19,3 mil necessários. Segundo os pais, o valor cobre somente o custo do serviço hospitalar, material, honorários de equipe, anestesista e instrumentadora. Essa quantia também não leva em conta transporte, consultas e outras despesas.

Para os pais, toda ajuda é bem vinda e estão cientes que a situação não está fácil pra ninguém. “Se cada um ajudar com um pouco que seja, arrecadaremos o dinheiro necessário para que o Guilherme vença mais essa batalha para alcançar a CURA. Estamos organizando uma Cesta de Natal para fazermos uma rifa. Quem quiser ajudar comprando, vendendo ou de outra maneira é só entrar em contato“.

Para quem quiser ajudar, pode fazer um depósito em uma caderneta de poupança da Caixa Econômica Federal de Blumenau, em nome de Eduardo Stahelin (8411-4215), pai do menino.

Agência: 0411 | Conta: 00241174-8 | Poupança: 13 (código)

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS