quinta-feira, 27 janeiro 2022
InícioEsporteTênis: jovem atleta de Blumenau, conquista seu primeiro ponto na ATP em...

Tênis: jovem atleta de Blumenau, conquista seu primeiro ponto na ATP em Manta, Equador

 

Por Maurina Alexandre

O blumenauense, João Guilherme Lauth Hinsching, de 21 anos, conquistou no último dia 24 em Manta no Equador, seu primeiro ponto na ATP, ao bater outro brasileiro, Oscar Gutierrez, cabeça de chave número 1 e favorito ao título. O “Alemão”, como é conhecido na academia, começou a jogar tênis aos 10 anos na Equipe Paulo Passold, e aos 21 anos, almejava conquistar seu primeiro ponto na ATP.

Ao longo de sua carreira esportiva, esteve presente em diversos torneios amadores, obtendo títulos regionais, estaduais, sul-brasileiros e brasileiros. Cursando Educação Física, ele treina todos os dias à tarde e à noite dá aulas de tênis para ajudar a custear suas viagens.

“O projeto de jogar Futures iniciou ano passado, mas não consigo estar presente em todos os torneios que gostaria, então fazemos uma seleção do que é mais viável”, lamenta João, que está em busca de mais apoio.

Desde o ano passado João participou de seis Futures, com o objetivo de conquistar o tão sonhado ponto na ATP. Como não é ranqueado, ele precisa jogar um qualificatório, para ter direito a entrar na chave principal do torneio. Em abril deste ano, em São José do Rio Preto, ele furou pela primeira vez o Qualy, mas o tão sonhado ponto só veio agora no último dia 24, em Manta no Equador. Ao furar novamente o Qualy, jogando na chave principal, Hinsching derrotou o cabeça de chave número 1, o brasileiro, Oscar Gutierrez (421 no ranking da ATP), com parciais de 6-3 e 7-6 (4).

Na sequência, João foi derrotado pelo Equatoriano Antonio Cayetano March e agora segue para o Future da cidade de Portoviejo também no Equador, onde joga o qualificatório para tentar novamente uma vaga na chave principal.

“O objetivo é manter o João jogando o máximo de torneios possíveis, para adquirir experiência e ajudar na sua evolução técnica. Ele tem um grande potencial e muita vontade de crescer no esporte. Estamos aqui para dar o apoio necessário nessa jornada”, relata Paulo Passold, treinador de Hinsching.

Em outubro, João pretende ficar mais três semanas na Bolívia, onde participará de outros Futures.

 

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS