sábado, 27 novembro 2021
InícioClimaTemporal com muita chuva, quedas de árvores e 6,4 mil imóveis sem...

Temporal com muita chuva, quedas de árvores e 6,4 mil imóveis sem energia na Regional de Blumenau

Bairro Água Verde | Foto: Alexandre Correia

 

A combinação entre calor de 35,8°C às 17h45min (sensação térmica de 41,8°C), com a presença de um cavado em níveis baixos da atmosfera e variação de nebulosidade, trouxe mais um temporal para Blumenau no início da noite desta terça-feira (15/01/18).

As áreas de instabilidade vieram da região oeste no município. Entre às 20h15min e 21h15min, o sistema online do AlertaBlu registrou muita chuva na estação da Velha Central com 43,8 mm e na Velha Grande com 36,4 mm.

As outras estações com maior índice pluviométrico foram as do Passo Manso (29,8 mm); Nova Esperança (22,6 mm); Vorstadt (17,8 mm); Glória, Itoupavazinha e Nova Rússia (os três com 17,4 mm); Coripós (14,2 mm); Ruy Barbosa (13,6 mm); Vila Itoupava (13 mm); Jordão (11,4 mm); Parque Ramiro Ruediger (10,4 mm) e Araranguá (9,8 mm).

Às 21h33min, o sistema online da Celesc informava que havia 6.401 unidades de consumo sem energia elétrica na Regional de Blumenau. As cidades com maior número de interrupções acidentais eram Apiúna (2.794), Ascurra (1.430), Rio Dos Cedros (1.201), Botuverá (545), Indaial (251), Blumenau (493), Indaial (251), Massaranduba (225), Brusque (4) e Doutor Pedrinho (1).

Em Blumenau 403 imóveis estavam sem energia elétrica no bairro Vila Itoupava, outros 86 na Itoupava Central, dois na Itoupavazinha, um na Fortaleza e outro no Salto Weissbach.

 

Queda de árvores no trevo de acesso para Luiz Alves, no bairro Vila Itoupava

 

Os bombeiros foram chamados para atender duas ocorrências de quedas de árvores. Às 21h07min na Rua Engenheiro Udo Deeke, altura do n° 1975, no bairro Salto do Norte, próximo ao Mercado Moura. Depois às 21h42min algumas tinham caído na SC-108, no trevo para Luiz Alves, interrompendo as duas pistas, no bairro Vila Itoupava.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS