domingo, 24 outubro 2021
InícioGeralTecnologias com leitura facial e de placas, 130 PM’s, fazem parte da...

Tecnologias com leitura facial e de placas, 130 PM’s, fazem parte da segurança da Oktoberfest

 

 

 

Uma coletiva de imprensa no início da tarde desta quinta-feira (3/10/19), apresentou as novidades que farão a segurança dos foliões da 36ª Oktoberfest de Blumenau. De acordo com o 1º Tenente da PM, Nicolas Marques, durante a semana haverá um reforço de 30 policiais militares, e no fim de semana, outros 100 que virão dar apoio de várias regiões.

Haverá um policiamento ostensivo no entorno da Vila Germânica, nos principais terminais de ônibus, na rodoviária, na região central onde acontecem os desfiles. Dessa forma a segurança da cidade não será prejudicada. Para todo esse trabalho serão empenhados efetivos a pé, cavalaria, helicóptero e motos da ROCAM.

A Intelbras, patrocinadora da festa, equipará as entradas, pavilhões e arredores do Parque Vila Germânica com câmeras que utilizam Inteligência Artificial e outras tecnologias inovadoras, gerenciadas pelo software Defense, como reconhecimento facial, contagem de pessoas e leitura de placas de veículos. Os que estiverem estacionados no entorno e forem furtados, serão rapidamente localizados.

O número de câmeras de monitoramento dobrou: de 60, a festa passará a ter 120. Os produtos, que incluem câmeras e Gravadores Inteligentes de Vídeo (SVRs), possibilitarão que os visitantes possam curtir a Oktoberfest com tranquilidade e segurança.

A grande novidade está na tecnologia, controlada a partir de um posto avançado da Polícia Militar ao lado do Galegão. Os drones serão utilizados para controlar e observar a região em vôos que farão um cinturão de segurança. As entradas e saídas da festa terão câmeras fixas com reconhecimento facial que irá identificar criminosos com histórico de furtos e roubos, cadastrados no banco de dados da PM.

 

 

Será dada uma atenção especial na região próxima ao Castelinho da Havan, onde a concentração de público é maior. Um desse drones vem de Jaraguá do Sul e é o único desse gênero sendo usado pela PM no Brasil. É o modelo Dji Matrice 210, equipado com uma lente Zenmuse Z30, considerada a câmera de zoom aéreo integrada mais potente do mercado. Seu zoom óptico é de 30 vezes e o digital fica ampliado para 180.

O “super drone” pode alcançar até oito quilômetros de distância e uma altura de 500 metros. As luzes do equipamento podem ser apagadas em operações noturnas deixando-o menos visíveis. O drone custa R$ 110 mil reais e foi cedido por comodato para o batalhão de Jaraguá do Sul.

 

 

Outra novidade recém-lançada e em teste na cidade de Blumenau, é o aplicativo PMSC Cidadão, que tem uma séria de vantagens. A vítima pode acionar a Polícia Militar, enviar vídeos, áudios, além das mensagens de texto, o sistema de GPS vai identificar onde a pessoa está. Em outros anos, os turistas tinham dificuldade de informar sua localização, afinal não conhecem bem a cidade. Segundo a PM, também será possível acompanhar o deslocamento da viatura.

 

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS