segunda-feira, 18 outubro 2021
InícioSaúdeCoronavírusSituação do coronavírus piora em SC e várias regiões voltam ao nível...

Situação do coronavírus piora em SC e várias regiões voltam ao nível gravíssimo

Os novos dados da Matriz de Risco Potencial foram divulgados na manhã deste sábado (6/02). Mais de 590 mil se infectaram e 6,4 mil morreram em função da doença, desde 2020.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou neste sábado (6/02/21), os dados da Matriz de Risco Potencial em relação ao novo coronavírus. Pela nova classificação, 10 regiões do estado se encontram em nível gravíssimo (vermelho) e seis no grave (laranja), demonstrando um agravamento nos números.

Em comparação com os dados divulgados no último boletim (27/01), a única melhora foi na Foz do Rio Itajaí que deixou o nível gravíssimo e passou para o grave. Já as regiões da Grande Florianópolis, Serra Catarinense e Xanxerê retornaram ao nível gravíssimo e a do Extremo Sul, que se encontrava em nível alto, votou ao grave.

No índice de monitoramento, que leva em conta o acompanhamento dos casos, apenas as regiões do Alto Vale do Itajaí, Carbonífera, Extremo Sul e Laguna estão em estado grave, todas as outras encontram-se no patamar gravíssimo.

Entre quinta e sexta-feira (4 e 5/02), foram registrados 3.021 casos novos de Covid-19 e 24 mortes por complicações causadas pela doença. Desde o início da pandemia 590.449 foram infectadas pelo coronavírus em Santa Catarina, das quais 567.005 se recuperaram, mas ainda há 16.954 em acompanhamento. Total de mortes chegou a 6.490, deixando a taxa de letalidade atual é de 1,1%. Confira os números de Blumenau.

Sobre a mudança na data da Matriz

A partir desta semana, a Matriz de Risco Potencial Regional, que avalia as condições da Covid-19, passa ser divulgada aos sábados, com dados coletados nas sextas-feiras. As alterações e as medidas sanitárias passarão a ser aplicadas na segunda-feira subsequente.

O objetivo desta alteração na data da divulgação e do início das ações necessárias é proporcionar a atividades e municípios maior prazo para adequações e restrições sanitárias, diante de eventuais mudanças de classificação. Além de facilitar a organização dos órgãos fiscalizatórios.

As alterações necessárias diante de novas classificações passarão a ser aplicadas a partir das 0h do dia 8 de fevereiro de 2021.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS