sábado, 4 dezembro 2021
InícioEconomiaSINDILOJAS estima injeção de R$ 65 milhões no comércio de Blumenau com...

SINDILOJAS estima injeção de R$ 65 milhões no comércio de Blumenau com a liberação de FGTS em 2019

 

 

Foto: Karin Bendhein

 

Usando como base informação da Relação Anual das Informações Sociais (Rais) 2017 do Ministério de Trabalho, de que 130.424 pessoas trabalham em Blumenau com carteira assinada, o SINDILOJAS Blumenau estima que o impacto das retiradas de R$ 500 do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) possa chegar à marca de R$ 65 milhões na cidade.

O governo federal autorizou nesta quarta-feira (24/07/19) que os trabalhadores realizem saques de até R$ 500 em contas do FGTS, tanto ativas como inativas. A mudança foi autorizada pelo governo federal por meio de medida provisória. No Brasil, estima-se que a injeção na economia chegue a R$ 30 bilhões neste ano.

O presidente do SINDILOJAS, Emílio Rossmark Schramm, destaca que todo o comércio vive uma excelente expectativa por conta da liberação. Ele acredita que o dinheiro do FGTS não será destinado a compras de maior volume ou para quitar dívidas, mas será sim injetado no comércio em geral.

“É um valor baixo por conta, mas no todo são R$ 65 milhões que não estavam circulando e vão passar a circular no dia a dia da cidade. Comércio do vestuário e de têxteis, cosméticos, presentes em geral, os restaurantes, os serviços, todos esses segmentos tem grandes chances de serem beneficiados com esses saques”, lembra Schramm.

Outras mudanças foram anunciadas pelo governo em relação às retiradas do Fundo de Garantia. A partir do ano que vem, quem estiver contratado com carteira assinada terá direito a fazer saques anuais de suas contas do FGTS. O trabalhador poderá escolher se prefere sacar um valor a mais todo ano, ou então deixar a reserva para o momento da demissão.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS