segunda-feira, 18 outubro 2021
InícioEntrevistaSementes da Terra brota com novos sons

Sementes da Terra brota com novos sons

Fotos: Claus Jensen e Marlise C. Jensen |  Fotos antigas: arquivo da banda

Neste sábado (25), às 21h, uma semente plantada em 1982, brotará com todo esplendor novamente. A banda Sementes da Terra que se desfez há 26 anos, está junta novamente e já tem apresentação marcada na cancha de bocha do Caça e Tiro Blumenauense. Vai ser algo entre amigos, porque a capacidade do local é de 120 pessoas. Um desses amigos, o músico Luiz Vicentini, vai fazer um show a parte. Como fã deles daquela época, entrevistei os integrantes para compartilhar essa bela história.

Uma frase de William Shakespeare dita por Aírton Hilário Schaefer, abriu a entrevista: “Lembrar é fácil para quem tem memória. Esquecer é difícil para quem tem coração.” E o coração bateu forte, quando dois amigos se reencontraram em uma praia, em novembro de 2014. Eles estudaram juntos na mesma escola, no início da década de 80, assim como os outros integrantes da banda. Hugo e Valmor tiveram a ideia de reunir todos para “brincar de tocar” um pouquinho de novo, fato que só aconteceu no final de maio deste ano.

 

Recomeço

No começo foi difícil, porque apenas três integrantes dos 9 que estavam lá, seguiram a carreira na música. A grande maioria teve que resgatar o seu conhecimento musical, já que tinham parado de tocar há muito tempo. Além disso, cada um precisava organizar a agenda entre família e trabalho. Mas deu certo. O amor pela arte e a música, os reúne desde maio duas vezes por semana para ensaiar.

Sementes Terra 23-7-15 (10)

O Grupo Sementes da Terra tem em sua formação atual, Maurício Miranda (vocal e harmônica), Hugo César (vocal e violão), Aírton Hilário Schaefer e Zenaide Volles Nieheus (vocal), Mara Solange (vocal e violão), Cláudio Reif (baixo), “Cristo” Pedro Simas (bateria) e Sérgio Custódio (percussão) e Valmor Siemann (Violão e vocal).

 

Sementes Terra 23-7-15 (7)
Hugo Cesar (cabelo preso)

O criativo Hugo compôs 90% das 49 músicas que o grupo tem catalogado. As outras são de autoria do Valmor e da Zenaide. No show deste sábado serão apresentadas 12 músicas, mais um pout pourri reunindo 6 delas em uma só. Além das que o pessoal mais gostava, terão algumas composições novas do Hugo, como Anjo Gabriel, Eu e você, Sombras, etc …

Esse show, veio a pedido do grupo de amigos que os acompanhava nos festivais e há uns 2 anos tem comentado em reunir novamente a turma do EJU, onde começou a história do Sementes da Terra.

 

História da banda

A primeira formação da banda, foi para concorrer à chapa do Centro Cívico Tiradentes do Conjunto Educacional Pedro II, com a sigla EJU – Estudantes Jovens Unidos. Com apoio da direção da escola, vários eventos foram realizados. O de maior repercussão, foi o FEC – Festival Estudantil da Canção.

Sementes_Terra_02

E põe dar certo nisso. Em apenas duas edições do FEC, eles conseguiram reunir jovens de todo o estado de Santa Catarina, que vinham ouvir bandas como a recém formada Expresso Rural, o talentoso Luiz Vicentini, a própria Sementes da Terra, entre outras. Além de tocar, organizavam e ainda foram jurados. Uma grande experiência.

Oficialmente a banda começou no dia 4 junho de 1982, quando participou de um festival de música em São José/SC, com “Pescador”, a primeira composição e sucesso de Hugo Cesar.

Sementes_Terra_FUC_3

Em 1984, eles participaram do FUC, Festival Universitário da Canção (hoje FUCCA) que na época tinha abrangência nacional e contava com 745 músicas inscritas. Das 8 músicas que o Sementes da Terra enviou, 7 delas foram selecionadas, entre as quais: “Ilha das Cabras”, “Boiadeiro”, “Um coração”, “Vento forte” e “Uma lição”. O reconhecimento veio com 7 troféus, onde se destacaram música mais popular, melhor torcida e arranjo. No mesmo ano, fizeram um videoclip para o programa Sul Encanto da RBS TV, com abrangência estadual, onde a repetidora de cada cidade da emissora gaúcha escolhia uma banda local.

Sementes_Terra_FUC_1

Como toda banda que começa, eles também abriram os shows de estrelas da música como Titãs em 1985, Blitz no ano seguinte, além de Erasmo Carlos, Belchior, Sandra de Sá, Marisa Gata Mansa, etc … Esta última, segundo os integrantes, virou fã do Sementes da Terra.

No show da Blitz, em 1986, eles tocaram em Florianópolis para um público de 20 mil pessoas. Depois voltaram de madrugada para Blumenau, já que iriam tocar com a banda Expresso Rural.

Foram muitas aberturas para a temporada de Balneário Camboriú, shows na Concha Acústica da Prainha, projeto Pixinguinha e o Blumenália que chegava a reunir até 5 mil pessoas. Eles tiveram muito apoio da prefeitura naquela época principalmente com local para ensaiar e transporte. Vale destacar os nomes de Roberto Diniz Saut, Daniel Curtipassi e Guido Heuer que depois virou empresário da banda.

Sementes da Terra não chegou a gravar disco ou CD. Mas Hugo Cesar gravou 5 músicas que fizeram sucesso com a banda, além de outras 4 novas. Para 2016, eles estão planejando iniciar as gravações para um CD e DVD. Até lá querem se entrosar melhor, para estarem preparados.

Esse reencontro também tem um ingrediente a mais: passar essa “semente musical” para os seus filhos, já que três deles tocam algum instrumento. Quem sabe, a terra fértil dessa banda ainda renderá futuros bons frutos.

Observação: no início da banda Sementes da Terra, fizeram parte o Paulo Roberto Justino (Vocal), Sérgio Teixeira (bateria), Gilmar de Oliveira (Vocal e violão), Roberto (violão 12 cordas) e Dagoberto.

Sementes_Terra_teatro-bolso
Teatro de Bolso

Sementes_Terra_Emobresc-1983
Emobresc (1983)

Sementes_Terra_FUC
FUC

Sementes_Terra_Praça

Sementes_Terra_Blumenália_anos_80
Blumenália nos anos 80

 

Sementes Terra 23-7-15 (12)

Sementes Terra 23-7-15 (5)

Sementes Terra 23-7-15 (8)

Sementes Terra 23-7-15 (4)

Sementes Terra 23-7-15 (6)

Sementes Terra 23-7-15 (3)

Sementes Terra 23-7-15 (2)

Sementes Terra 23-7-15 (11)

Sementes Terra 23-7-15 (9)

 

Claus Jensenhttp://www.oblumenauense.com.br
Trabalhei com publicidade há mais de 30 anos, fiz teatro durante 8, apresentei programa de televisão outros 5 e sou blogueiro desde 2007. Mas minha maior paixão é a família, e claro, essa fascinante Blumenau.

MAIS LIDAS