quinta-feira, 28 outubro 2021
InícioGeralSem apresentar provas, vereador de Blumenau denuncia irregularidades no asilo Casa São...

Sem apresentar provas, vereador de Blumenau denuncia irregularidades no asilo Casa São Simeão

 

 

 

Na sessão da Câmara de Vereadores desta quinta-feira (29/11/19), o vereador Almir vieira (PP) disse em seu pronunciamento, que recebeu no gabinete várias denúncias contra a atual gestão no Asilo São Simeão. Entre elas seriam desvios de materiais e de dinheiro, obras superfaturadas e empresários trabalhando dentro do ancionato vendendo seu próprio produto (com nota fiscal).

Além disso, também disse que desde maio não tem médico prestando assistência aos idosos. Vieira completou dizendo que funcionários teriam informado a ele, que os internos estariam sendo tratados de forma desumana. “Vou levar aos órgãos competentes para que seja investigado”, disse o vereador sem apresentar nenhuma prova durante o pronunciamento.

O vereador Adriano Pereira (PT) também disse que recebeu denúncias, mas que primeiro encaminhou ao Ministério Público para que sejam investigados. O papel dos vereadores é fiscalizar e intervir caso sejam apuradas e provadas as graves irregularidades.

 

 

A assistente social do asilo Casa São Simeão, Samanta Prochnow, recebeu a denúncia com indignação. “Além de termos recebido ofensas e calúnias que não são verdadeiras, isso acaba afetando todos os profissionais que trabalham aqui dando assistência aos idosos. Nós nos esforçamos todos os dias para sermos reconhecidos pelo bom tratamento que damos aos idosos com várias atividades para beneficiá-los.”

Samantha disse que Almir Vieira não foi ao asilo para realmente conferir se as denúncias eram verdadeiras. Ela também contesta a falta de assistência médica, inclusive uma nova profissional estará começando a trabalhar.

O médico anterior e toda diretoria atual do asilo irão fazer uma reunião aberta à imprensa, às 17h30min desta sexta-feira (29) para apresentar documentos e informações que contestariam essas denúncias. A preocupação de Samantha é que a entidade depende de doações e isso coloque em dúvida o trabalho realizado.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS