sexta-feira, 24 setembro 2021
InícioSaúdeSeis bairros de Blumenau começam a ficar infestados com o Aedes aegypti

Seis bairros de Blumenau começam a ficar infestados com o Aedes aegypti

No município há 1.846 focos do mosquito, um número 212,5% superior ao registrado até o dia 18 maio do ano passado.

Blumenau registrou até esta terça-feira (18/05/21), 1.846 focos do mosquito Aedes aegypti em 2021. O número é 212,5% superior aos 594 focos do mesmo período no ano passado.

Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Promoção da Saúde, os bairros que estão começando a ser infestados são Garcia, Escola Agricola, Salto do Norte, Ponta Aguda e Velha Central. Já eram considerados nesta situação, Centro, Velha, Vila Nova, Victor Konder, Itoupava Seca, Itoupavazinha, Jardim Blumenau, Água Verde, Fortaleza, Tribess e Itoupava Norte.

Em relação a pacientes com dengue, Blumenau registrou 67 notificações,  sendo seis casos importados e três autóctone (contraído no município). Até hoje nenhuma pessoa morreu com a doença no município.

O Programa de Combate à Dengue conta com cerca de 50 profissionais que atuam na fiscalização e orientação dos moradores. A equipe vistoria caixas de água destampadas e com água parada, bromélias com larvas e piscinas com água não tratada.

Foram reforçados o número de visitas em residências e continua com 1.300 armadilhas monitoradas semanalmente nos bairros. Dicas e cuidados para evitar a proliferação do Aedes aegypti:

– Elimine água parada de todos os recipientes
– Evite usar pratos nos vasos de plantas. Se usá-los, coloque areia até a borda
– Guarde garrafas com o gargalo virado para baixo
– Mantenha lixeiras tampadas
– Deixe os depósitos d’água sempre vedados, sem qualquer abertura, principalmente as caixas d’água
– Plantas como bromélias devem ser evitadas, pois acumulam água
– Trate a água da piscina com cloro e limpe-a uma vez por semana
– Mantenha ralos cobertos com telas de malha filha para evitar que o mosquito tenha acesso ao local
– Lave recipientes com depósito de água, como potes de comida e água dos animais, com escova ou esponja e detergente, no mínimo uma vez por semana
– Se for necessário que o recipiente fique com água, como no caso de ralos, utilize hipoclorito
– Retire a água acumulada em lajes
– Dê descarga, no mínimo uma vez por semana, em banheiros pouco usados
– Mantenha fechada a tampa do vaso sanitário
– Evite acumular entulho, pois ele pode se tornar local de foco do mosquito da dengue

 

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS