quinta-feira, 27 janeiro 2022
InícioGeralSeguro deu perda total ao helicóptero Arcanjo e o governo tem duas...

Seguro deu perda total ao helicóptero Arcanjo e o governo tem duas opções

Helicoptero-Arcanjo_caido-Curitiba_25-4-16_01

 

Depois de perdas significativas após a queda do helicóptero Arcanjo 03, a seguradora finalmente deu parecer confirmando que houve perda total. O acidente aconteceu no dia 25 de abril, logo após a aeronave decolar do Aeródromo de Piraquara com destino ao Aeroporto de Bacacheri, no Paraná; onde seriam instalados equipamentos complementares, a exemplo das outras aeronaves da corporação.

 

 

A apólice de seguros do helicóptero está avaliada em R$ 11 milhões e o governo teria duas opções. Uma delas é utilizar o valor para comprar uma nova aeronave, onde seria necessária nova licitação e tudo que envolve sua burocracia, inclusive a possibilidade da empresa perdedora recorrer. Isso iria levar muito tempo para que o Vale do Itajaí tivesse de volta o Arcanjo 03.

Mas seria possível também, simplesmente exigir uma nova aeronave, o que também está previsto na apólice. Parece ser a opção mais interessante para o Batalhão de Operações Aéreas do Corpo de Bombeiros por causa de duas vantagens. O modelo utilizado era um helicóptero ano 2010, modelo Esquilo D2. Com esse mesmo valor, poderia ser adquirido um modelo D3 anos 2011 ou 2012, mais novo e potente. O prazo de entrega varia de 2 a 3 meses.

Mas a decisão por qual das opções só deve ser anunciada oficialmente na semana que vem. Até o Arcanjo 03 voltar a operar na região, não veremos cenas como essas, que mostram um homem gravemente ferido em um acidente chegando ao Hospital Santa Isabel em poucos minutos.

 

Foto: Arcanjo 03
Foto: Arcanjo 03

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS