sexta-feira, 22 janeiro 2021
- Propaganda -
Início Geral Segundo o SAMAE, ETA II voltou a funcionar com 100% da...
- Propaganda -

Segundo o SAMAE, ETA II voltou a funcionar com 100% da capacidade

A turbidez causada pelas fortes chuvas reduziu a capacidade de tratamento nesta semana.

10:17

Apesar de todos os investimentos que a SAMAE já realizou em Blumenau, incluindo os reservatórios dos bairros Velha, Itoupava Central e Fortaleza, ainda recebemos relatos em relação a falta do abastecimento. Não é uma tarefa fácil administrar dos inúmeros problemas que fazem parte desse serviço, como é o caso daqueles elétricos causados pelo temporal da semana passada ou a própria turbidez.

Na sexta-feira (18), a autarquia informou que a Estação de Tratamento de Água (ETA II) estava trabalhando com 90% da sua capacidade por causa da turbidez. O problema é causado pela quantidade de sedimentos em função das chuvas, causando turbidez na água, o que dificulta seu tratamento depois da captação no rio Itajaí-Açu. Por conta disso, algumas ruas nos bairros Itoupava Norte, Velha e das Itoupavas sofreram problemas com abastecimento.

Mas infelizmente nem sempre é possível resolver todos as situações, como relatou uma moradora de uma região mais alta da Rua Jericó, no bairro Fortaleza, mãe de um filho pequeno. “Estamos desde a manhã de sexta-feira (18) sem fornecimento de água pelo Samae. Na quinta-feira (17) já havia faltado água, mas voltou à noite. Aí na sexta-feira de manhã acabou novamente. Com tanto tempo sem abastecimento, não tem caixa de água que aguente”.

Ela disse que sua caixa de água tem mil litros e economizou o que pode. Quando o abastecimento retornou, a moradora acredita que não foi o suficiente para enchê-la. O fato dificulta tudo, como lavar as roupas, o acúmulo de louça, tomar banho, sem contar o preparo das refeições.

“Estamos em contato com a SAMAE. No sábado pela manhã informaram que já estavam operando com 100% da capacidade, mas o fato é que 24 depois a água ainda não chegou. Ligamos no Samae novamente na manhã deste domingo e informaram que há várias regiões críticas e estão tentando resolver, mas tinham previsão de retorno da água. Compreendemos que houve fortes chuvas no início da semana passada, causando turbidez na água, mas já se passaram alguns dias. É inadmissível essa situação.

Ao longo do ano o Samae anunciou investimentos na casa dos milhões, mas quem mora nas regiões altas continua sofrendo com a falta de água. Um absurdo. A fatura chega todo mês e é paga sem atrasos, mas a falta de água é um problema constante. Estamos tendo que comprar água para o básico, mas banho só de favor na casa dos outros”, desabafou a moradora.

A assessoria de imprensa do Samae, informou que na noite de sábado todos os reservatórios de água de Blumenau foram abastecidos. Segundo a autarquia, é muito comum que muitos moradores ao perceberem a caixa de água cheia, comece o alto consumo.

Nas regiões mais altas do município, o abastecimento deve começar a normalizar na manhã deste domingo (20/12) ou no início da tarde. Caso isso não tenha ocorrido, podem ser situações pontuais e é necessário ligar ao 115 para um fiscal ir ao local. Em alguns casos, já foram detectados problemas nos relógios e até registros que estavam fechados.

Em relação ao caso da moradora, um fiscal teria ido até sua casa, mas ela não estava no momento. Segundo o SAMAE, as equipes tem trabalhado intensamente nas últimas horas para ajudar a resolver os problemas. Às 13h20 o abastecimento de água voltou na rua.

Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br
- Propaganda -  
 
 
 
 

MAIS LIDAS

Vídeo: rio Itajaí-Açu passa dos 5 metros e ameaça carro estacionado no Centro de Blumenau

Com isso chega ao nível de atenção. Desde a zero hora até às 13h desta quinta-feira (17/12) o volume de água dobrou.

Jovem de 25 anos morre afogado no rio Encano, em Indaial (SC)

Os Bombeiros Voluntários foram acionados às 16h19 desta sexta-feira (25/12) e chegaram a levá-lo ao hospital, mas ele não resistiu.

Mais de 10 corpos foram resgatados sem vida na tragédia de Presidente Getúlio (SC)

Um deles é de uma criança com idade entre 4 e 5 anos. As vítimas estavam entre escombros após serem levadas pela correnteza durante a enxurrada.

Portaria fixa novas regras para pagamento de pensões por morte

Medida define os períodos de término do benefício de acordo com a idade.