quarta-feira, 8 dezembro 2021
InícioSaúdeSegundo o Ministério da Saúde, existem dois casos suspeitos com coronavírus em...

Segundo o Ministério da Saúde, existem dois casos suspeitos com coronavírus em SC

 

 

 

 

Durante a coletiva de imprensa que atualizou as informações sobre o COVID-19 (coronavírus) na manhã desta quarta-feira (26/02/20), o Ministério da Saúde confirmou o primeiro caso de um brasileiro infectado pela doença. Ao atualizar os casos suspeitos no Brasil, havia dois novos em Santa Catarina. Quatro (São José, Rio do Sul e Brusque) já tinham descartados desde o início do ano.

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE/SC) de Santa Catarina ainda não atualizou essa informação no site. Por isso ainda não é possível informar em que cidades foram registrados e onde estão internados.

No Brasil existem 19 casos suspeitos do coronavírus, o maior número está em São Paulo, onde há 11. Além de Santa Catarina (2), também foram registrados casos no Rio de janeiro (2), Minas gerais (2), Espírito Santo (1), Pernambuco (1) e Paraíba (1).

De acordo com o Ministério da Saúde, no mundo, já foram registrados mais de 80,2 mil casos do coronavírus em 34 países. Foram registradas 2,7 mil mortes causadas pela doença, sendo que os casos mais graves são aqueles que afetam pessoas com mais de 60 anos.

“As medidas de prevenção são as mesmas adotadas para outros vírus respiratórios como o influenza, por exemplo, que são: lavar as mãos com água e sabão com frequência; evitar tocar os olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas; evitar contato próximo com pessoas doentes; ficar em casa quando estiver doente; cobrir a boca e o nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo; limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência”, alerta Fábio Gaudenzi, médico infectologista da DIVE/SC.

Os principais sintomas são iguais aos de outras doenças respiratórias, como febre, tosse seca, dor de garganta e coriza. Mas tem uma chama a atenção que é a dificuldade de respirar.

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo (toque ou aperto de mão), contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

 

Como prevenir o novo coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS