domingo, 5 dezembro 2021
InícioGeralSecretaria da Segurança Pública inaugura centrais de videomonitoramento no Alto Vale do Itajaí

Secretaria da Segurança Pública inaugura centrais de videomonitoramento no Alto Vale do Itajaí

cameras-monitoramento

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Segurança Pública (SSP), inaugura nessa semana mais seis centrais de videomonitoramento urbano. Nesta quarta-feira (29), é a vez dos municípios de Ituporanga, Taió e Rio do Oeste. Na quinta-feira (30), está prevista a entrega das centrais de Ibirama, Agrolândia e Braço do Trombudo.

Em cada uma delas será instalada de seis a 16 câmeras de vigilância, padrão Full HD, num investimento de R$ 1,4 milhão, recursos do programa Pacto por Santa Catarina e a contrapartida das prefeituras conveniadas.

Com a ativação dessas centrais são 62 municípios operando com sistema de videomonitoramento. Outras 96 cidades já assinaram convênio para implantação do sistema e mais 20 municípios estão em processo de implantação e ampliação dos seus sistemas.

Para o secretário César Augusto Grubba, o projeto é importante. Segundo ele, trata-se de uma ferramenta de apoio ao trabalho policial, potencializando as ações de vigilância. “O sistema agrega tecnologia e modernidade”, destaca Grubba. Uma das novidades do sistema é que permitirá um trabalho com foco na investigação policial, uma vez que as imagens monitoradas são compartilhadas com as delegacias de polícia.

Grubba também enfatiza as parcerias com as prefeituras, por meio de contrapartidas financeiras e integração de esforços. “Santa Catarina segue uma tendência mundial. Estamos investindo forte também para um redimensionamento da infraestrutura com a utilização de redes multimídia, em fibra óptica e câmeras de alta definição, e tudo a um menor custo operacional”, afirma o titular da SSP.

De acordo com o Coronel Vânio Luiz Dalmarco, coordenador do sistema de videomonitoramento urbano da SSP, a instalação dos pontos de monitoramento são definidos com estatísticas criminais. “As estatísticas oficiais comprovam que, em locais onde existem câmeras de vigilância, a criminalidade registra redução em diversos tipos de delitos, principalmente, aqueles praticados contra o patrimônio”, garante o oficial.

Mas para Blumenau, que sofre com a violência como nunca vimos antes, continuamos sem um efetivo razoável de policiais novos.

Fonte: SECOM/SC

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS