terça-feira, 19 outubro 2021
InícioLazerSe ficar igual ao projeto, esse lugar tão tradicional de Blumenau será...

Se ficar igual ao projeto, esse lugar tão tradicional de Blumenau será incrível

Terá mirante, playground, píer com estrutura flutuante para esportes náuticos e espelho d’água, pista de caminhada, estacionamento e até praça de alimentação.

Quando a revitalização da Prainha ficar pronta em Blumenau, os cidadãos vão ter um espaço de lazer incrível, pelo menos segundo as imagens do projeto. Terá essa integração que faltava com o rio Itajaí-Açu e vai oferecer um espaço de lazer há décadas encanta famílias, mas que andava esquecido.

Foto: divulgação

Com a retomada da obra de revitalização da Prainha nesta semana, em breve este cartão postal voltará a ser referência no turismo. De acordo com a Secretaria Municipal de Obras (Semob), a obra contempla a reforma da concha acústica, arquibancada, mirante, playground, píer com estrutura flutuante para esportes náuticos e espelho d’água sob o Vapor Blumenau. O local ganhará ainda, pista de caminhada, estacionamento e praça de alimentação.

“A partir da conclusão da obra, estaremos devolvendo aos blumenauenses um espaço de recreação e lazer, um local para a prática de esportes náuticos e até para festivais musicais, como já tivemos em um passado recente”, avalia o diretor geral da Semob, Michael Maiochi.

Ainda de acordo com o diretor, nesta semana está ocorrendo a limpeza do espaço para que na próxima semana seja retomada a obra. A primeira frente de trabalho será a restauração da concha acústica.

O investimento da Prefeitura na revitalização da Prainha é de aproximadamente R$ 4 milhões, com recursos viabilizados pelo Ministério do Turismo. Com a retomada da obra, a expectativa da Semob é de que o local esteja disponível à população no último trimestre deste ano.

Espero que o Vapor Blumenau tenha toda sua beleza valorizada. Porque assim como está, dá até uma tristeza de olhar, ainda mais porque trouxe tanto progresso na época em que era um dos principais meios para a acessar a antiga colônia alemã.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS