domingo, 1 agosto 2021
InícioSegurançaSaiba quem foram os criminosos mortos durante o confronto com a PM,...

Saiba quem foram os criminosos mortos durante o confronto com a PM, em Blumenau

Eles estavam sendo procurados pela Polícia Militar por serem suspeitos de estarem envolvidos em assaltos.

Todos os três homens mortos durante o confronto com a Polícia Militar, no bairro Badenfurt, em Blumenau, tinha antecedentes criminais.

É o caso de André Felipe Amaral, que também era o mais perigoso deles. Ele tinha 22 anos e também 22 boletins de ocorrências, pelos crimes de tráfico de drogas, homicídio e lesão corporal. Negueba, como também era conhecido, estava cumprindo uma pena de 11 anos de prisão e foi beneficiado pela saída temporária.

Everton Henrique dos Santos, de 29 anos, já somava 8 boletins de ocorrências por crimes que vão desde adulteração de veículo, roubo, furto e receptação. Dados levantados pela  Polícia Militar apontam que ele estaria envolvido em assaltos cometidos em Blumenau. Santos estava em prisão albergue.

O terceiro é João Luiz de Brito Orel, de 27 anos. Natural de Blumenau, ele tinha saído do do presídio em maio deste ano. As passagens criminais já somam 16 BOs, que vão desde assalto, porte ilegal de arma, ameaça, além de posse e tráfico de drogas. Atualmente também estava em prisão albergue.

Os corpos já foram reconhecidos, mas ainda permanecem no Instituto Médico Legal (IML),  onde passam por perícia. A ocorrência aconteceu por volta das 21h30 desta segunda-feira (6/07/21) depois que o Chevrolet Corsa foi reconhecido por uma guarnição da Polícia Militar que fazia rondas na Rua Theodoro Nuss, uma transversal da BR-470, no bairro Badenfurt.

O motorista não obedeceu a ordem de parada e fugiu por uma rua de chão até finalmente parar. Segundo a PM, eles saíram do veículo atirando contra os policiais que revidaram e alvejaram todos. Foram apreendidos um revólver calibre 38, uma pistola 380 e um simulacro de pistola Glock.

Confira a entrevista com o 1º tenente da Polícia Militar, Nicolas Marques Vasconcelos, responsável pela comunicação do 10º BPM de Blumenau. Ele afirma que os três faziam parte de facções criminosas e alguns dos crimes foram realizados para pagamento de dívidas.

 

 

 

 

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS