quinta-feira, 13 maio 2021
Início Dicas Saiba como se planejar para os tributos de início de ano

Saiba como se planejar para os tributos de início de ano

Assessor da Unicred Blumenau dá dicas para não ter surpresas com IPVA e IPTU

O início de ano traz o alívio momentâneo após as despesas das festividades de dezembro e das férias. No entanto, compras de material escolar e a cobrança de tributos como IPTU e IPVA podem se tornar uma dor de cabeça para quem não se planejou financeiramente. Se, por um lado, os catarinenses podem comemorar a redução de cerca de 4% no Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), os impostos sobre imóveis ficarão mais caros na maioria dos municípios. Em Blumenau, por exemplo, o reajuste foi de 5,58%, valor semelhante ao aplicado na maioria das cidades do Vale do Itajaí, como Ibirama, Indaial, Gaspar e Rio do Sul. Um dos reajustes mais baixos da região foi o de Brusque, com aumento de 4,4%.

De acordo com o assessor de crédito da Unicred Blumenau, Paulo Roberto Joner, recomenda-se que o contribuinte aproveite a redução de um imposto para cobrir o aumento de outro. “Com a redução do IPVA neste ano, uma boa solução é redirecionar o valor economizado neste imposto para o pagamento do IPTU, que aumentou em quase 6% na maioria das cidades”. Segundo ele, não é recomendado utilizar o décimo terceiro para o pagamento de tributos. “O salário extra que os trabalhadores recebem no fim do ano tem o objetivo de facilitar a realização de sonhos e não o de pagar dívidas”.

Paulo relembra que o planejamento financeiro para o pagamento destes impostos pode até gerar economia para o contribuinte. Tanto para o IPVA quanto para o IPTU, o Estado e os municípios oferecem descontos para quem quitar o valor à vista. Em algumas cidades, o desconto chega a 20% no pagamento da parcela única. Além disso, em alguns municípios este pagamento à vista também pode gerar descontos para o ano seguinte. Como grande parte das famílias não possui a cultura financeira de acumular reservas para cobrir imprevistos, o assessor de crédito da Unicred recomenda que as pessoas procurem a sua instituição financeira de confiança e peçam orientação sobre a melhor forma de economizar dinheiro.

Luciana da Cunha | Oficina das palavras

Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS