quarta-feira, 27 outubro 2021
InícioGeralProjeto Golfinho leva orientações de segurança às crianças nas praias

Projeto Golfinho leva orientações de segurança às crianças nas praias

Projeto_golfinho_Floripa_Jan2016_01

 

Fotos: Julio Cavalheiro/Secom

Desde a temporada de 1998, nas praias do Litoral catarinense, onde há postos de guarda-vidas do Corpo de Bombeiros Militar, as crianças dos 9 aos 13 anos podem participar do Projeto Golfinho. A iniciativa é uma forma de orientar os pequenos sobre os riscos do mar e incentivar o convívio em harmonia entre as crianças e a natureza. Esse ano, em Florianópolis, o projeto começou no dia 5 de janeiro e segue até 5 de fevereiro. Os interessados em participar devem procurar um posto de salvamento da praia.

 
Projeto_golfinho_Floripa_Jan2016_02

 

Cada turma, com até 30 crianças, participa de quatro dias de atividades e, ao final, recebe um certificado de participação. As instruções repassadas pelos bombeiros envolvem, principalmente, respeito aos limites, conhecimento da sinalização das bandeiras no mar, e procedimentos em situações de risco. O slogan “Água no Umbigo, sinal de perigo!” reforça a importância de obedecer regras de segurança para evitar acidentes.

De acordo com Glaucia Krueger, cabo do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina e coordenadora do Projeto Golfinho nas praias de Florianópolis, o projeto também visa reduzir uma estatística apontada pelo próprio Corpo de Bombeiros, que aponta que 30% dos acidentes registrados durante os meses de verão nas praias catarinenses ocorrem com crianças até 14 anos.

“Nossa missão é orientá-los sobre os riscos oferecidos pelo mar e incentivar a utilização segura de todo este cenário tão apreciado pelas famílias”, comenta a cabo Krueger ao reforçar que o projeto também pode atuar em locais como lagoas, rios e piscinas.

Em uma das turmas, na praia dos Ingleses, Norte da Ilha de Santa Catarina, participaram as irmãs Elisa e Isadora Braido. Aos 12 e 10 anos de idade, elas consideram fundamentais os conhecimentos que adquiriram no projeto. “Aprendi a prestar a atenção na cor da bandeira e a respeitar essa sinalização. Também aprendi que preciso sempre estar atenta a um ponto fixo na areia para não perder a noção da distância”, conta a mais nova.

 

Projeto_golfinho_Floripa_Jan2016_03

 

Os turistas argentinos e pais de dois participantes do projeto, Valeria Castillo e Diego Martin, também aprovaram a iniciativa e fizeram questão de incentivar os filhos nas atividades. Para eles, é importante que as crianças entendam as regras e aprendam a respeitar os limites do mar. Para aproveitar as férias, a família não descuida da segurança.

Fonte: Secom/SC

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS