quarta-feira, 22 setembro 2021
InícioPrefeituraPrograma de recuperação fiscal ficará disponível até 30 de setembro em Blumenau

Programa de recuperação fiscal ficará disponível até 30 de setembro em Blumenau

Contribuintes poderão quitar débitos com a Prefeitura sem cobrança de juros ou multa a partir do dia 1º do mês.

Em setembro, mês de aniversário de Blumenau, os contribuintes em débito com a prefeitura poderão quitá-los sem precisar pagar juros ou multa. É mais uma edição do Renovar 2021 que passa a funcionar no dia 1º e o prazo segue até o 30.

O programa de recuperação fiscal da Secretaria da Fazenda (Sefaz) abrange dívidas tributárias e não tributárias contraídas até 31 de dezembro de 2020 como IPTU, alvarás, contribuição de melhoria e até ISS vencido até 30 de junho deste ano. Também é a oportunidade para quitar multas relacionadas ao Procon e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade. Mas não estão incluídos os débitos relacionados à Vigilância Sanitária e multas de trânsito.

O pagamento deverá ser feito em até 30 dias a partir da emissão da guia, que poderá ser obtida clicando aqui. Dúvidas poderão ser esclarecidas pelo callcenter da Dívida Ativa, nos telefones 3381-6460 e 3381-6461.

“O Renovar é sempre um momento esperado para os cidadãos que, por algum motivo, não conseguiram manter em dia o pagamento do IPTU. Em 2020, com os desafios ainda maiores causados pela crise de saúde pública, muitos blumenauenses tiveram dificuldades econômicas por conta da pandemia. Essa edição do Renovar é a oportunidade para que essas pessoas possam quitar suas pendências com o município sem juros ou multas”, explica o prefeito Mário Hildebrandt.

Com a medida, a secretaria espera recuperar em torno de R$10 milhões. “Esses recursos poderão ser utilizados na manutenção dos serviços que a Prefeitura presta à população, como os atendimentos em saúde, educação, obras, entre outros”, acrescenta o secretário da Fazenda, César Poltronieri.

Fonte: Prefeitura de Blumenau

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS