terça-feira, 21 setembro 2021
InícioEconomiaProdução industrial catarinense recua 1,5% em julho, aponta IBGE

Produção industrial catarinense recua 1,5% em julho, aponta IBGE

Mesmo assim o Estado é um dos poucos pesquisados que se encontra acima do patamar pré-pandemia.

A produção industrial catarinense teve, na passagem de junho para julho, variação de -1,5%, aponta a Pesquisa Industrial Mensal (PIM Regional), divulgada nesta quinta-feira (9/09/21) pelo IBGE. Com a revisão dos indicadores dos meses anteriores, Santa Catarina registra decréscimo na produção da indústria por seis meses consecutivos, desde fevereiro deste ano.

O estado, porém, teve desempenho superior a outros ao longo de boa parte do ano passado, mantendo-se, assim, em patamar mais alto. Apenas três dos 15 locais pesquisados (14 estados mais grupo de seis UFs do Nordeste) estão acima do patamar pré-pandemia, e Santa Catarina é um desses locais, com uma produção industrial 3,4% acima da que tinha em fevereiro de 2020.

Minas Gerais encontra-se 11,8% acima de fevereiro do ano passado, e o Paraná, 0,4%. Na comparação de julho de 2021 com julho de 2020, a produção industrial catarinense avançou 7,8%.

Este resultado reflete indicadores positivos em nove das 12 seções e atividades industriais analisadas – as únicas três que decresceram na comparação entre julho deste ano e de 2020 foram Fabricação de máquinas, aparelhos e materiais elétricos, Fabricação de produtos alimentícios e Fabricação de produtos de metal, exceto máquinas e equipamentos.

No recorte comparativo entre julhos, o resultado catarinense é o 4° melhor do país. Nacionalmente, a indústria avançou 1,2% em relação a julho do ano passado. As informações foram divulgadas pela Unidade Estadual IBGE em Santa Catarina.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS