quinta-feira, 28 outubro 2021
InícioEntrevistaPresidente do SETERB dá detalhes sobre o funcionamento do cartão SIGA

Presidente do SETERB dá detalhes sobre o funcionamento do cartão SIGA

Foto: Alexandre Pereira
Sistema de bilhetagem de um ônibus da Viação Piracicabana que vai operar nesta segunda-feira | Foto: Alexandre Pereira

Entrevista: Claus Jensen

Muitas pessoas estão em dúvida sobre o uso dos créditos do cartão Siga na segunda-feira (1/02), quando entram em operação os ônibus da Viação Piracicabana. Mas a notícia de que parte das informações do sistema usado pelo consórcio não foram repassadas, gerou dúvidas e incertas. Por isso conversamos nesta manhã com o Diretor Presidente do Seterb, Carlos Lange.

OBlumenauense: A bilhetagem sofreu um pequeno entrave, pela falta do repasse de informações por parte do Consórcio Siga. O oficial de justiça não teria conseguido entregar a notificação do juiz sobre a liberação desses dados. Isso pode afetar a utilização do cartão Siga nesta segunda-feira?

Carlos Lange: Eu diria que nós temos 50% dessa situação resolvida, uma vez que as pessoas com créditos no Cartão Siga, vão poder usá-los tranquilamente. Ao entrar no ônibus, basta passá-lo pelo validador e seguir viagem normalmente. A questão que ainda está pendente é a aquisição de novos créditos, ou seja, o reabastecimento do cartão.

Por isso houve necessidade de ser demandada por uma ação judicial movida pelo Ministério Público de Santa Catarina, através do Promotor de Justiça, Odair Tramontin, da Comarca de Blumenau. Já que não houve cessão voluntária das senhas e do cartão master, ele ajuizou essa ação em defesa do consumidor, pedindo que as empresas fossem intimadas judicialmente a entregá-las.

A liminar e o despacho da justiça foram proferidas na quinta-feira (28). O oficial de justiça, encarregado de entregar a intimação judicial, ainda não localizou a administração do Siga, nem os proprietários das três empresas; para então recebermos a documentação e as senhas no prazo de 24h e 48h que o juiz estipulou.

OBlumenauense: Mesmo sem essas informações, o histórico de crédito dos usuários não terá problema e será totalmente aceito, correto?

Carlos Lange: Isso mesmo. O crédito que as pessoas tem poderá ser usado normalmente. O problema que nós estamos enfrentando com esse atraso por parte das empresas, se refere somente a quem deseja comprar novos créditos. Mas isso será resolvido nessa semana. É só uma questão do oficial de justiça entregar as intimações e aguardar que no prazo estabelecido pelo juiz, sejam repassadas todas as informações.

OBlumenauense: O que irá mudar no cartão Siga como é hoje, quando a Viação Piracicabana operar no lugar do consórcio?

Carlos Lange: Vai permanecer a mesma coisa enquanto vingar esse contrato emergencial de seis meses. Após o processo licitatório enviar o novo contrato, que qualquer empresa interessada poderá participar, certamente entrará um novo sistema.

OBlumenauense: No processo licitatório existe a possibilidade de haver alguma preferência para os empresários do transporte coletivo da região ou a própria Viação Pircicabana?

Carlos Lange: A lei de licitações 8.666 impede qualquer direcionamento ou privilégio. Todos irão concorrer no mesmo nível.

OBlumenauense: Neste domingo (31) entra em operação o novo binário na Alameda Rio Branco. Há alguma ação prevista pelo SETERB?

Carlos Lange: No que toca ao Seterb, que é o monitoramento do trânsito, nossa equipe está preparada e nós vamos trabalhar no sentido de orientação. A guarda municipal estará lá para auxiliar os motoristas e transeuntes da região que foi modificada, o binário Alameda Rio Branco e Rua Nereu Ramos, que tem o objetivo de facilitar o escoamento do tráfego de veículos. Nosso pessoal está bem preparado para exercer esse tipo de serviço.

Claus Jensenhttp://www.oblumenauense.com.br
Trabalhei com publicidade há mais de 30 anos, fiz teatro durante 8, apresentei programa de televisão outros 5 e sou blogueiro desde 2007. Mas minha maior paixão é a família, e claro, essa fascinante Blumenau.

MAIS LIDAS