quinta-feira, 23 setembro 2021
InícioGeralPresidente da Celesc visita o Vale do Itajaí para vistoriar investimentos e...

Presidente da Celesc visita o Vale do Itajaí para vistoriar investimentos e obras

Os investimentos somam R$ 227,9 milhões em subestações e linhas, novos alimentadores, programa Celesc Rural, obras de média tensão e manutenção da rede.

Na semana passada, o presidente da Celesc, Cleicio Poleto Martins, visitou obras, subestações e usinas, vistoriou ainda novas redes de distribuição e participou de reuniões com lideranças políticas e empresariais em Blumenau, Timbó, Indaial, Rio dos Cedros, Botuverá e Brusque.

Os municípios pertencem ao Núcleo Alto Vale, que recebeu (entre 2019 e 2021) investimentos que somam R$ 227,9 milhões em subestações e linhas, novos alimentadores, programa Celesc Rural, obras de média tensão e manutenção da rede.

Em Blumenau, Cleicio acompanhou o andamento das obras de ampliação da Subestação Bairro da Velha. No município, a subestação Garcia também terá maior capacidade. Ambas vão dar mais qualidade à energia recebida por 76,8 mil unidades consumidoras atendidas. Somente nessas obras o investimento foi de R$ 16,5 milhões.

Segundo a assessoria de imprensa,  município, foram aplicados R$ 5,9 milhões em ampliação e melhoria da rede elétrica. Em manutenção da rede são R$ 6,3 milhões, entre 2020 e 2021.

Já em Indaial, foram investidos R$ 3,8 milhões em equipamentos e melhorias na rede, que reforçam a distribuição de energia elétrica aos clientes atendidos no município. Para manutenção da rede, em serviços como poda e roçada, foram destinados cerca de R$ 800 mil. Em Timbó, os investimentos atingiram R$ 1,4 milhões, em serviços de ampliação e melhoria da rede. Apenas em manutenção, o valor aplicado foi de R$ 800 mil. Todos esses investimentos são referentes aos anos de 2020 e 2021.

O presidente também visitou a cidade de Brusque, que recebeu R$ 3,4 milhões. Em manutenção da rede os investimentos somaram R$ 6,3 milhões, nos anos de 2020 e 2021. Entre as melhorias estão um LD 138 KV interligando a SE Brusque a SE Brusque São Pedro, já em operação, além da instalação de novos alimentadores e equipamentos que reforçam a distribuição de energia elétrica.

Em Botuverá, a equipe da Celesc participou de uma reunião na Câmara de Vereadores para ouvir as demandas relacionadas à rede de energia elétrica. A Celesc propõs a ampliação de uma das redes da cidade para atender as indústrias da região, que devem apresentar uma contrapartida em investimentos.

Outra solução seria a ampliação em uma das subestações em Brusque com a utilização de um alimentador dedicado para indústrias. “A subestação não necessariamente precisa estar fisicamente na cidade para que a energia chegue aos consumidores”, afirmou Poleto. As alternativas ainda estão sendo analisadas pelos técnicos da Celesc.

Em todas as cidades percorridas, o presidente Cleicio conversou com os empregados sobre obras, projetos e dinâmicas de trabalho. Integração e diálogo para alinhar experiências e novos investimentos respeitando as necessidades de cada região.

Rio dos Cedros: novos transformadores dobram capacidade energética

Na percorrida, o Presidente da Celesc também visitou os investimentos na região turística de Rio dos Cedros. Um deles é a aquisição de dois transformadores que vão dobrar a capacidade energética da região. O valor do investimento nos transformadores é de R$ 320 mil.

As melhorias vão beneficiar 1.460 unidades consumidoras nas localidades de Rio Bonito, Alto Cedros, Palmeiras e Pinhal. Outra ação realizada na cidade é a troca de condutores convencionais por cabos isolados, com valor aplicado de R$ 553 mil, e a reforma de componentes da rede, como postes, isoladores e chaves, que somam R$ 232 mil.

Outros investimentos na região:

Projetos de Eficiência Energética: Os municípios que compreendem o Núcleo Alto Vale da Celesc receberam cerca de R$ 8,5 milhões para projetos como o laboratório de Eficiência Energética instalado nos CEDUPs de Blumenau; a substituição de lâmpadas e de alguns eletrodomésticos antigos por outros mais novos e eficientes por meio do projeto Sou Legal, Tô Ligado, que atende famílias de baixa renda; projetos envolvendo energia fotovoltaica (solar) e de iluminação pública, além da promoção da sexta edição do programa Bônus Eficiente, que beneficiou moradores de Blumenau, Pomerode, Brusque, Indaial, Timbó, Gaspar, Rio do Sul e região.

Chamadas Públicas: Em 2020, a região que compreende o Núcleo Alto Vale da Celesc recebeu quase R$ 370 mil para projetos sociais, esportivos e culturais.
Corredor elétrico: A Celesc, em parceria com a Fundação Certi, está instalando 23 eletropostos no estado, que vão compor uma via com autonomia para carros elétricos e híbrido, com cerca de 1.700 quilômetros de extensão, ligando Norte e Sul, Leste e Oeste.

Com informações de Guilherme Simon

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS