quinta-feira, 2 dezembro 2021
InícioGeralPrefeitura se ilumina de azul para conscientizar sobre o autismo

Prefeitura se ilumina de azul para conscientizar sobre o autismo

Prefeitura-Azul_autismo_1-4-15
Integrantes da Associação de Amigos do Autista acompanharam o acendimento das luzes.

Texto: Talita Catie

Foi realizado na noite de ontem, 1º de abril, o acendimento da nova iluminação da Prefeitura de Blumenau, que pelos próximos dias estará azul, em referência ao Dia Municipal da Conscientização do Autismo, celebrado nesta quinta-feira, 2. Às 20h, o prefeito Napoleão Bernardes recebeu, em frente ao prédio da Administração Municipal, integrantes da Associação de Amigos do Autista, a Ama Blumenau, para o ato simbólico que tem por objetivo despertar a atenção da comunidade sobre o assunto. Cerca de 50 pessoas acompanharam o acendimento das luzes em um clima alegre e descontraído.

Antes do acendimento da nova iluminação, à tarde, o prefeito esteve no Centro Municipal de Educação Alternativa (Cemea). Juntamente da secretária de Educação Helenice Luchetta, ele foi acompanhar um pouco trabalho desenvolvido na unidade de apoio que dá suporte às escolas no sentido de garantir o direito à inclusão no ensino regular da criança e do adolescente com deficiência. Através do atendimento ofertado pelo Cemea – setor vinculado à Secretaria de Educação – famílias e escolas recebem as orientações necessárias para promover a inclusão da criança, com acompanhamento psicológico, pedagógico e da assistente social.

Solange Scharf, coordenadora geral do Centro, explica que o autismo é uma das síndromes que exigem maior interação e envolvimento da equipe com a escola e com a família para alcançar os objetivos propostos. Neste sentido, a equipe multiprofissional do Cemea, juntamente com as professoras das 27 Salas de Recursos Multifuncionais existentes no município atualmente, vem fundamentando ações pontuais para este público. Ela destaca que é um direito da criança autista frequentar uma unidade de ensino regular e, em alguns casos, o aluno conta também com o apoio de um professor exclusivo em sala de aula.

As Salas de Recursos Multifuncionais oferecem apoio pedagógico para o trabalho desenvolvido com o aluno autista e demais estudantes da Educação Especial em contraturno escolar. “Desde o momento que a criança ingressa na rede de ensino, seja educação infantil ou ensino fundamental, oferecemos às famílias uma série de serviços para garantir a inclusão e alfabetização da criança”, afirma Solange. A coordenadora explica que o trabalho compreende desde a preparação do aluno para inserção no ambiente escolar até a preparação da turma para receber este novo estudante.

A coordenadora pedagógica do Centro Municipal de Educação Alternativa, Jaqueline Lima, explica que o aluno é acolhido, juntamente com a família, acompanhado no processo escolar e envolvido nos recursos necessários ao seu desenvolvimento, observando suas necessidades e potencialidades. “A educação especial é um dos pilares de atuação nos quais estamos focados, pois consideramos fundamental o trabalho de inclusão dos autistas na sociedade”, afirma Napoleão.

via PMB

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS