quinta-feira, 13 maio 2021
Início Economia Porto de Itajaí registra movimentação de 1,66 toneladas, a maior de sua...

Porto de Itajaí registra movimentação de 1,66 toneladas, a maior de sua história

Os dados são de novembro, quando o aumento no número de cargas foi de 47% em relação a 2019. Para dezembro, a previsão é de movimentar 1,4 milhão de contêineres.

Fotos: Marcos Porto

Na rota de um contínuo crescimento e de índices positivos alcançados em 2020, o Complexo Portuário de Itajaí registrou em novembro a maior movimentação de sua história: 1.665.893 toneladas de cargas movimentadas e 139.451 TEUs (unidade de medida equivalente a um contêiner de 20 pés). No comparativo com novembro de 2019, esses números representam aumento de 47% na tonelagem e 39% na movimentação de contêineres. As 96 atracações registradas no último mês também são recorde.

No mar revolto da pandemia de coronavírus (COVID-19), que impactou negativamente as exportações e importações brasileiras, os bons índices alcançados pelo Complexo Portuário de Itajaí podem ser creditados aos investimentos realizados no canal de acesso aquaviário. As alterações na infraestrutura, no acesso ao canal, as obras de dragagem e da nova Bacia de Evolução também são reflexos desse crescimento e foram fundamentais para as novas operações portuárias.

Para o prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, o recorde na movimentação neste período final de 2020 também é fruto de uma ampla união de forças e o coroamento de todo o trabalho realizado nos últimos anos. “Nosso compromisso, entre muitos outros, foi o de dar uma atenção especial ao nosso Porto, de resgatar sua economia e seu renome nacional. Ao iniciarmos o novo governo, a partir de janeiro, manteremos essa mesma determinação, tendo por meta a continuidade dos estudos para a nova concessão do terminal, que será construída durante 2021 até 2022”, destaca o gestor.

No fluxo de movimentação, a exportação manteve-se como principal sentido, sendo responsável por 62% do destino das cargas de contêineres que passaram pelo Complexo Portuário do Itajaí-Açu. Frango, carnes, madeiras e derivados foram os principais produtos exportados. Em contrapartida, os principais produtos importados (38% da movimentação) foram: mecânicos e eletrônicos, produtos químicos e têxteis e diversos.

Novembro positivo para o Porto de Itajaí

No Porto de Itajaí (berços públicos e APM Terminals), a movimentação também alcançou índices positivos no mês de novembro de 2020, com crescimento de 12% na tonelagem e 3% na movimentação de TEUs. No último mês, foram movimentados 47.814 TEUs e 570.700 toneladas, contra 46.352 TEUs e 509.727 toneladas no mesmo período de 2019.

“Esse mês de novembro foi difícil para o nosso porto público, pois tivemos um número exponencial de trabalhadores e TPAs (Trabalhadores Portuários Avulsos) afastados pela COVID-19, que impactou nessa movimentação, além de quebra em equipamentos, o que gerou reflexos negativos no resultado mensal. Mas, apesar disso, temos nos mantido fiel ao propósito de conservar essa atividade em funcionamento, gerando riquezas para a nossa cidade”, avalia Marcelo Werner Salles, superintendente do Porto de Itajaí.

Segundo a Superintendência do Porto de Itajaí, no mês de novembro o Complexo Portuário já superou a movimentação registrada em todo o ano de 2019. E previsão é a de que até o final deste mês de dezembro sejam movimentados 1,4 milhão de TEUs. “Isso é motivo de orgulho para todas as pessoas envolvidas com essa atividade, que no seu dia a dia, com seu trabalho, tem garantido esses números tão expressivos”, finaliza Marcelo.

Nova Bacia de Evolução

Durante o ano de 2020, destaca-se entre as melhorias e investimentos feitos no Complexo Portuário a realização da primeira manobra na nova Bacia de Evolução, ocorrida em janeiro, e os demais testes realizados ao longo dos últimos meses, que permitiram ao terminal receber embarcações acima de 300 metros. Até agora, já foram realizadas mais de 270 manobras na área da Bacia de Evolução 2, como o local é chamado.

“Observando a movimentação mês a mês, principalmente após o segundo semestre, é possível perceber o quanto a operação dos navios maiores que 350 metros representaram de crescimento para a movimentação do complexo. Este foi um passo muito importante, que fez a diferença em 2020”, destaca Heder Cassiano Moritz, diretor geral de operações logísticas da Superintendência do Porto de Itajaí.

Fonte: Prefeitura de Itajaí

Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS