sábado, 23 outubro 2021
InícioGeralPolícia procura detentos que fugiram da penitenciária de Blumenau nesta segunda (6)

Polícia procura detentos que fugiram da penitenciária de Blumenau nesta segunda (6)

 

Oito detentos da Penitenciária Industrial de Blumenau (SC) fugiram próximo ao meio dia desta segunda-feira (6/02/17). Segundo as primeiras informações que recebemos, trata-se de criminosos perigosos, todos caixeiros e assaltantes.

A Polícia Militar faz buscas na região do bairro Belchior Baixo, em Gaspar (SC), onde há intensa movimentação policial na busca dos criminosos. A população local deve ficar  atenta, pois eles podem estar com as roupas laranjas da penitenciárias.

Foragidos:

  • Amarildo da Silva, de 36 anos e natural de Ascurra (SC).  Vulgo “Ascurra”, preso por suspeita de tráfico de drogas.
  • José Rodolfo Gonçalves Fernandes, 25 anos e natural de Curitibanos (SC).  O “Zé Gibi”, preso por suspeita de tráfico de drogas, furto e adulteração de veículo.
  • Lucas de Siqueira, 41 anos e natural de São Lourenço do Oeste (SC). Conhecido como “capoeira”, preso suspeito de roubo, receptação e explosão a caixas eletrônicos.
  • Claudinei Machado, 24 anos e natural de Lontras (SC).  Vulgo “Lombriga”, preso suspeito de roubo, receptação, explosão a caixas eletrônicos e tráfico de drogas.
  • Fernando Mendes De Paulo, 35 anos, natural de Campinorte (GO).  Vulgo “Ovelha”, preso suspeito por roubo, furto e receptação.
  • Leudivan Nunes, 28 anos e natural de Xaxim (SC).  Vulgo “Ninica”, preso suspeito de roubo, furto, receptação e tráfico de drogas.
  • Tiago De Jesus Godoi, 25 anos e natural de Foz do Iguaçu (PR). preso suspeito de roubo.

Recapturado: Diego Mateus da Silva, 23 anos e natural de Rio do Sul (SC). Vulgo “Godie”, preso suspeito de roubo, tráfico de drogas e receptação. Foi recapturado minutos depois pela Polícia Militar nos fundos de um terreno próximo à penitenciária.

Segundo o delegado Bruno Effori, responsável pela Divisão de Investigações Criminais (DIC) de Blumenau; eles foram presos pela DIC em 2016 e são responsáveis pelas explosões aos caixas eletrônicos da Altenburg (Fevereiro), ViaCredi de Luiz Alves (Fevereiro), Viacredi do Tribess (Abril) e roubos da Recreativa Salto do Norte (Abril) e BIG (Maio).

Uma pessoa entrou em contato conosco, identificando-se como agente penitenciário que trabalha no local, mas preferiu não revelar o nome. De acordo com ele, por volta das 12h35min os detentos, agora foragidos, teriam terminado de serrar a grade da janela de sua cela. Em seguida arrombaram a porta que dá acesso à uma das guaritas, por onde fugiram. Segundo o agente, apenas duas das quatro torres estavam com guardas.

Effori informou em sua página no Facebook, uma versão parecida com mais detalhes: “Os presos serraram a grade da cela e após fugiram por uma das torres de vigilância, onde já havia uma corda confeccionada artesanalmente com roupas e cobertores”.

Ainda não foi emitida uma versão oficial pelo DEAP explicando como foi a fuga.

 

Visão aérea da Penitenciária Industrial de Blumenau | Foto: DEAP

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS