quarta-feira, 20 outubro 2021
InícioGeralPolícia Federal captura hacker foragido dos EUA no bairro Jardim Blumenau

Polícia Federal captura hacker foragido dos EUA no bairro Jardim Blumenau

pf_michael-knighten_prisao_27-10-16_04

 

A Polícia Federal prendeu na manhã desta quinta-feira (27/10/16), um foragido internacional procurado pela Interpol. Michael Knighten morava em um prédio de alto padrão na Rua Doutor Pedro Celestino de Araújo, bairro Jardim Blumenau, e é acusado pelo escritório da agência em Washington/EUA, de comandar um grupo de criminosos cibernéticos que fraudou diversas corporações em todo o mundo.

 

pf_michael-knighten_prisao_27-10-16_02

 

Investigações conduzidas pela Polícia Federal e pelo Grupo de Capturas Internacional da Interpol no Brasil, apontaram que Michael poderia estar residindo no Brasil e utilizando o nome falso de Michael Sabatine. Para ter certeza sobre a verdadeira identidade, os policiais coletaram um copo de vidro usado por ele enquanto se exercitava em uma academia.

As impressões digitais encontradas no copo foram comparadas e disponibilizadas pela Interpol de Washington (EUA). Os Peritos Papiloscopistas da Polícia Federal concluíram que se tratava da mesma pessoa. O mandado de prisão foi expedido pelo Ministro Teori Zavascki do Supremo Tribunal Federal. Foram cumpridos, ainda, mandados de condução coercitiva e outro de busca e apreensão; expedidos pela Justiça Federal em Santa Catarina.

 

pf_michael-knighten_prisao_27-10-16_01

 

Durante a operação foram apreendidos aproximadamente R$ 4 milhões em bens, incluindo veículos de luxo e aproximadamente R$ 500 mil em dinheiro. Um imóvel de alto-padrão, avaliado em R$ 3 milhões, localizado em Blumenau, próximo da Alameda Rio Branco também parou sob a guarda da PF.

Michael Knighten é investigado pela Interpol pelo desvio de pelo menos R$ 6 milhões de empresas dentro e fora dos Estados Unidos, através de uma prática criminosa conhecida como Comprometimento de E-mail Empresarial (ou Business E-mail Compromise – BEC, em inglês). Esse tipo de delito constitui um sofisticado esquema, que tem como alvos empresas que trabalham com parceiros estrangeiros e fazem pagamentos transferindo dinheiro regularmente.

Estima-se que nos dois últimos anos, os esquemas de Comprometimento de E-mail Empresarial causaram prejuízo de US$ 2,3 bilhões em perdas para aproximadamente 12 mil grandes empresas em todo o mundo.

 

pf_michael-knighten_prisao_27-10-16_03

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS