sábado, 6 março 2021
Início Geral Polícia Civil fecha fábricas clandestinas de álcool em gel em Criciúma e...

Polícia Civil fecha fábricas clandestinas de álcool em gel em Criciúma e Joinville

 

 

 

 

Fotos: Polícia Civil de SC

Nos últimos dois dias, a Polícia Civil fechou duas fábricas clandestinas de álcool em gel em Santa Catarina. O produto é um dos mais buscados pela população que tem muita dificuldade de encontrar o produto.

As amostras foram encontradas no domingo (22/03/20) nos bairros Adhemar Garcia, Guanabara e Saguaçu; em Joinville (SC).  A Divisão de Investigação Criminal (DIC) tinha recebido diversas denúncias de estabelecimentos comerciais que estariam vendendo os produtos em desacordo com a regulamentação.

 

 

Uma fábrica clandestina foi localizada e apreendidos mais de 1000 litros de insumos usados na fabricação irregular de álcool em gel, além de frascos vazios e rótulos. Os bombeiros avaliaram o material como extremamente corrosivo.

A operação contou com o apoio do Procon, da Vigilância Sanitária e do Instituto Geral de Perícias (IGP). Dois homens e uma mulher foram encaminhados à Central de Polícia de Joinville para as medidas cabíveis.

 

 

 

Na tarde desta segunda-feira (23) foi localizada mais uma fábrica clandestina no Estado, depois da Polícia Civil receber uma denúncia anônima. O álcool em gel estava sendo fabricado em uma residência no loteamento Bittencourt, no bairro Argentina, em Criciúma (SC), no Sul de Santa Catarina.

Ao chegar no local, os policiais foram recebidos por um homem, que primeiro teria negado a fabricação do produto. Em seguida levou os policiais nos fundos de sua casa, onde havia alguns utensílios, embalagens de gel de cabelo vazias com etanol, além de álcool em gel (sem etiquetação) já preparados para venda.

Os produtos estavam sendo fabricados com álcool de posto (etanol) de combustíveis e gel de cabelo. Segundo a Polícia Civil, o homem vendia por aplicativo de mensagens e telefone de acordo com a solicitação dos clientes. Ele foi conduzido para a Central Regional de Plantão Policial (CRPP).

 

Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS