quarta-feira, 27 outubro 2021
InícioGeralPolícia Civil de Balneário Camboriú prende terceirizado que facilitava a entrada de...

Polícia Civil de Balneário Camboriú prende terceirizado que facilitava a entrada de drogas no presídio de Itajaí

 

A Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário Camboriú, com apoio do Departamento de Administração Prisional (Deap), por meio do Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí, prendeu uma mulher, de 28 anos e dois homens, de 37 e 26 anos, por tráfico de drogas e associação ao tráfico, na noite da última segunda-feira (6/02/17), em Itajaí.

De acordo com a polícia, o suspeito de 26 anos, é funcionário terceirizado, exercendo a função de Agente de Controle, no Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí e foi preso em flagrante no próprio local de trabalho. “Ele carregava um bilhete, do detento de 37 anos, que tinha como destino a esposa, de 28 anos. O bilhete continha orientação para buscar com a mulher, cerca de 100 gramas de maconha, fumo de corda, além de estar destacado o valor que receberia pela prática delituosa, no valor de R$ 1 mil”, explica o policial.

Segundo o policial, os agentes penitenciários do Deap possuíam informações sobre o envolvimento de funcionários terceirizados no ingresso para o interior do sistema prisional de objetos ilícitos e proibidos. “Por esta razão passaram a fiscalizar de forma mais intensa as atividades desses funcionários que estavam agindo de maneira suspeita e sobre os quais possuíam informações de condutas irregulares, e, em razão dessa fiscalização, possibilitou-se identificar a atuação destas pessoas em práticas criminosas”, afirma.

Investigações apontam que a mulher manteve contato com o terceirizado para a entrega da droga e foi presa próxima ao seu local de trabalho, nas proximidades do Hospital Marieta. “Com ela, foram apreendidos cerca de 100 gramas de maconha, após ter abandonado o trabalho para levar a droga ao agente de controle, que já havia programado a entrega do bilhete e o resgate do entorpecente após seu turno de trabalho”, concluiu.

Todos foram conduzidos à sede da DIC, inclusive o detento, onde foram interrogados. Após os procedimentos, os homens foram conduzidos ao Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí e a mulher ao Presídio Feminino Regional de Itajaí.

Por Clarissa Margotti,  da Polícia Civil / SC

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS