sexta-feira, 26 novembro 2021
InícioEducaçãoPlano de evacuação envolve cerca de 40 mil pessoas entre estudantes e...

Plano de evacuação envolve cerca de 40 mil pessoas entre estudantes e profissionais

Ação na rede de ensino de Blumenau foi uma parceria entre Defesa Civil, Semed e 3º Batalhão de Bombeiros Militares.

Um dia diferente está mudando a rotina das Instituições de Ensino da Rede municipal desta quarta-feira (27/10/21). Uma pausa nas atividades curriculares para aprender novos conhecimentos. Assim está sendo o simulado do Plano de Evacuação em Blumenau, que nesta manhã propôs uma série de ações nos Centros de Educação Infantil (CEIs). No período da tarde, a ação ocorre nas escolas do Ensino Fundamental.

O Plano de Evacuação ocorre desde 2013, nas Escolas da Rede Municipal, numa parceria entre Semed/Sedeci/3º Batalhão de Bombeiros Militar. A partir do ano de 2019 passou a ser desenvolvido também nos Centros de Educação Infantil (CEIs). Em 2020, devido à pandemia, a atividade não foi realizada.

“Preparar e capacitar estudantes está entre as atribuições da Defesa Civil. Uma situação emergencial é algo que não prevemos e que pode acontecer a qualquer momento, por isso a importância de compartilharmos o nosso conhecimento com a comunidade, tornando-os cidadãos mais preparados para enfrentar uma situação de risco”, afirma o secretário de Defesa Civil, Carlos Olímpio Menestrina.

Foto: Eraldo Schnaider

A obrigatoriedade das ações do Plano de Abandono foi instituída em 2019, por meio da Lei Complementar Nº 1.232, de 4 de junho de 2019, que dispõe sobre o plano de evacuação das escolas públicas e privadas no âmbito do município de Blumenau.

Aproximadamente 40 mil pessoas, entre estudantes, profissionais da educação, serviços gerais, cozinheiras e zeladores participam do simulado de abandono de local neste ano. De acordo com a Defesa Civil de Blumenau o Plano de Evacuação deve ser apropriado às instalações de cada Instituição de Ensino, de forma a estabelecer procedimentos e critérios para uma evacuação rápida e segura dos estudantes, professores e funcionários em caso de alguma situação emergencial ou de iminente perigo. É um planejamento que define as funções de cada um num momento de emergência, as rota de fuga e o ponto de refúgio.

A secretária de Educação, Patrícia Lueders destaca que é fundamental que a educação possa trabalhar com essa prevenção nas Instituições de Ensino. ”Nós precisamos estar preparados quando algo venha a acontecer. A formação continuada foi oferecida não apenas na teoria, mas na prática e, o dia de hoje, representa a conclusão dos trabalhos já consolidados”, completa.

Ressalta-se que em 2021 a Semed ofertou o curso de Primeiros Socorros, prevenção a incêndio e abandono de local para um representante de cada Instituição de Ensino, dando as orientações técnicas e seguras de como proceder numa situação emergencial, como parte fundamental da prevenção de segurança à vida.

“É extremamente importante para o município ter o Plano de Evacuação instituído na cidade como objeto obrigatório nas Instituições de Ensino. Situações adversas podem ocorrer inesperadamente e quanto melhor estivermos preparados, melhor sairemos ilesos da ocorrência. Temos dado total respaldo à Defesa Civil para que ações assim sejam cada vez mais frequentes, capacitando nossa população”, reforça o prefeito Mário Hildebrandt.

Por Fernando Gonzaga e Adriano Lins [SECOM/BNU]

Foto: Eraldo Schnaider

Foto: Eraldo Schnaider

Foto: Eraldo Schnaider

Foto: Eraldo Schnaider

Foto: Eraldo Schnaider

Foto: Eraldo Schnaider

Foto: Eraldo Schnaider

Foto: Eraldo Schnaider

Foto: Eraldo Schnaider

Foto: Eraldo Schnaider

Foto: Eraldo Schnaider

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS