sexta-feira, 17 setembro 2021
InícioGeralPíer Turístico da Foz do Rio Perequê terá aproximadamente 2 mil m²...

Píer Turístico da Foz do Rio Perequê terá aproximadamente 2 mil m² de área construída

 

 

Um projeto apresentado na quarta-feira (24/07/19) pode incrementar ainda mais o turismo em Itapema (SC) e região. Através de uma Parceria Público-Privada (PPP), pode ser construído o Píer Turístico da Foz do Rio Perequê, com mais 2 mil m² de área e uma estrutura que entra 180 metros mar a dentro.

 

 

Serão disponibilizadas 28 unidades comerciais que poderão ser utilizadas para restaurantes, bares e lojas, além de vagas náuticas e espaços para lazer e convivência. O projeto também prevê a construção de molhes tanto no lado de Itapema como de Porto Belo.

 

 

A estrutura do píer foi planejada para ser feita com vigas e laje de concreto armado pré-moldado e apoiada em duas estacas metálicas espaçadas a cada 10 metros no sentido longitudinal. Será uma linha de estacas tipo prancha ao longo de toda lateral do píer que confronta com a embocadura do Rio Perequê para possibilitar abrigo e navegação de embarcações.

 

 

Rubens Biotto, da empresa HMA que elaborou o projeto, apresentou os detalhes técnicos no auditório do Hotel Laghetto Stilo Itapema para autoridades, representantes de entidades, empresários, imprensa e a população. “Podemos afirmar que Itapema será uma das únicas cidades do país que contará com um píer nesse modelo. Projetos como este, que levam em consideração a utilização do espaço para a convivência social, são comuns em modelos internacionais. Aqui as pessoas poderão vivenciar todo o espaço”, destacou.

 

 

Às 19h do dia seguinte (25), foi realizada a audiência pública na Câmara de Vereadores. Durante 30 dias, as pessoas poderão dar sugestões através do site da prefeitura de Itapema e conhecer o projeto, através de uma consulta popular. Depois o projeto será encaminhado ao Tribunal de Contas e ao Poder Legislativo, para depois de aprovado, seguir com a licitação da concessão.

 

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS