sábado, 27 novembro 2021
InícioGeralPessoa infectada com sarampo pode contaminar até 20 outras pessoas

Pessoa infectada com sarampo pode contaminar até 20 outras pessoas

 

 

 

Diante da suspeita de dois casos importados de sarampo em Santa Catarina, a Secretaria de Promoção da Saúde (Semus) de Blumenau, por meio da Vigilância Epidemiológica, reforça a importância da vacinação como prevenção à doença. Ambos foram notificados em Florianópolis, na última semana, e estão sendo investigados.

A vacina é a melhor forma de prevenção ao sarampo, considerado uma doença altamente contagiosa. Uma pessoa infectada pode contaminar até 20 outras pessoas. De acordo com o médico do Centro Especializado em Diagnóstico, Assistência e Prevenção (Cedap), José Carlos Galvão, os principais sintomas são febre alta, acompanhada de tosse, coriza, conjuntivite e manchas avermelhadas pelo corpo, que normalmente iniciam na região da cabeça. “O sarampo era uma doença praticamente extinta no país, que vem registrando novos casos e que tem no esquema de vacinação a principal forma de prevenir. Junto com o sarampo, doenças como a rubéola também pode voltar a aparecer. Em casos extremos, o sarampo pode levar a morte”, alerta o médico.

Blumenau não registra nenhum caso autóctone (adquirido no município) de sarampo desde 1997. Em 2019, o município segue sem nenhuma notificação, enquanto no Brasil, mais de 500 casos de sarampo já foram confirmados este ano.

As unidades de saúde de atenção básica de Blumenau, bem como os hospitais, já receberam orientações e recomendações sobre vacinação e notificação contra o sarampo. A população deve observar a carteira de vacinação e em caso de dúvidas, a orientação é procurar uma unidade de saúde. Por mês, a Vigilância do Estado envia para o município cerca de 1,1 mil doses da imunização.

Podem se vacinar contra o sarampo pessoas que ainda não receberam a vacina, nos seguintes casos:

Crianças com idade entre 12 meses e 4 anos 11 meses e 29 dias

– uma dose de vacina Tríplice Viral (SCR) aos 12 meses de idade;

– uma dose de vacina Tetra Viral (SCR Varicela) aos 15 meses de idade;

Crianças maiores de 5 anos e indivíduos até 29 anos

– duas doses de Tríplice viral e/ou Tetraviral (recebidas com intervalo mínimo de 30 dias);

Adultos acima de 30 anos, devem ter pelo menos uma dose da vacina tríplice viral, salvo aqueles com história de doença.

Há contraindicação da vacina para gestantes e pacientes imunossuprimidos. Pacientes com alergia à proteína do leite da vaca devem relatar a situação antes da vacinação. Pacientes com mais de 50 anos tem indicação de vacinar apenas em caso de viagem para localidades que tenham registro de casos da doença.

As informações foram passadas por Marília Prado, assessora de comunicação da prefeitura de Blumenau.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS