terça-feira, 13 abril 2021
Início Economia Pesquisa revela os destinos mais procurados para intercâmbio

Pesquisa revela os destinos mais procurados para intercâmbio

3d illustration: Land and a group of suitcases. To take a vacation rental

O interesse por viagens para o exterior vem aumentando a cada dia. Muitos optam por estudar e trabalhar fora do país para adquirir novos conhecimentos e desafios. Para entender o que leva as pessoas a tomarem essa decisão, a World Study criou o “Mapa do Intercâmbio”, um estudo que apresenta os destinos mais procurados pelos brasileiros para estudar outro idioma. “A ideia é ter informações segmentadas sobre as preferências dos brasileiros. Através do Mapa podemos ajudar na escolha dos intercambistas e melhorar a oferta de cursos e destinos, nas diferentes faixas etárias”, explica a sócia-proprietária da World Study Blumenau, Késia Biondo.

O estudo realizado é pioneiro no país e apresenta dados referentes a viagens de intercâmbio realizadas por cerca de 5 mil pessoas, entre adolescentes, jovens e adultos, no primeiro semestre de 2013. Os dados revelam que 88% dos intercambistas têm interesse em aprender a língua inglesa, fazendo com que os países preferidos sejam: a Inglaterra (27,57% do total), seguido pelos Estados Unidos (22,26%) e pelo Canadá (19,47%) – país que no ano passado foi o segundo colocado no ranking geral.

O jornalista e empresário Ricardo Ruas ficou cerca de um mês em terras canadenses e comenta que a segurança e o preço foram os principais atrativos para a escolha. “A experiência foi fantástica. Mais do que melhorar o inglês, o intercâmbio te possibilita fazer novos amigos, conhecer pessoas de todas as partes do mundo e todos com a mesma intenção, vivenciar experiências, crescer na vida e ter consigo uma bagagem que é única e ninguém tira de você. O Canadá me proporcionou tudo isso”.

Países diferentes despertam interesse

Diversos países vêm despertando o interesse dos intercambistas, entre eles estão Irlanda (7,62%), Malta (4,63%) e África do Sul (2,59%). A jornalista Luciana da Cunha viajou para diversos países, mas recomenda a Irlanda para quem busca aprendizado. “A Irlanda é um dos países mais atraentes para aprender inglês por três motivos: baixo custo, possibilidade de trabalhar legalmente e localização geográfica. Mesmo sendo uma ilha, é muito fácil viajar para os outros países da Europa e conhecer outras culturas”. Para ela, o destino oferece outros benefícios não encontrados nos países mais procurados. “A vantagem geográfica também pode ser encontrada na Inglaterra, mas lá a pessoa precisa se preparar muito bem financeiramente. Já na Irlanda, você pode trabalhar meio período enquanto está em aula e integralmente quando elas acabam, podendo permanecer no país para trabalhar durante o mesmo período em que você estudou”, complementa.

Países preferidos para aprimorar o inglês
1 – Inglaterra (27,57%)
2 – Estados Unidos (22,26%)
3 – Canadá (19,47%)
4 – Irlanda (7,62%)
5 – Malta (4,63%)
6 – Austrália (3,88%)
7 – França (3,81%)
8 – África do Sul (2,59%)
9 – Nova Zelândia (1,5%).
Também integram o ranking, mas com percentuais inferiores a 1%, Espanha, Alemanha, Itália, Argentina, México, Chile, Japão, Peru, Escócia, Irlanda do Norte, Uruguai, Bélgica e Índia.

Intercambistas por faixa etária
1 – 23 a 35 anos (47,6%)
2 – 19 a 22 anos (28%)
3 – acima dos 35 anos (10%)
4 – adolescentes de até 18 anos (14%)

A World Study
A World Study é uma organização de educação intercultural criada em 1998. Os seus programas de intercâmbio cultural são recomendados por 11 instituições ligadas à educação, viagens e jovens. Atualmente, são oferecidos mais de 700 cursos em quase 40 países.

via Oficina das palavras | Jornalista Camila Tibes

Claus Jensen
Claus Jensenhttp://www.oblumenauense.com.br
Trabalhei com publicidade há mais de 30 anos, fiz teatro durante 8, apresentei programa de televisão outros 5 e sou blogueiro desde 2007. Mas minha maior paixão é a família, e claro, essa fascinante Blumenau.

MAIS LIDAS