sábado, 23 outubro 2021
InícioGeralPerseguição policial termina com suspeito gravemente ferido após acidente

Perseguição policial termina com suspeito gravemente ferido após acidente

 

Fotos: GMT

No final da tarde desta quinta-feira (2/02/17), aconteceu uma perseguição policial na Rua Dois de Setembro, bairro Itoupava Norte. Durante a fuga, o suspeito que conduzia uma motocicleta Honda NX-4 Falcon com placas de São José (SC), acabou colidindo na lateral de um automóvel Lifan X60 Talent de Blumenau.

O acidente aconteceu nas imediações do CIC e com a força do impacto, o motociclista foi projetado a alguns metros da colisão. O motorista do carro estava aguardando no semáforo o sinal verde para seguir no sentido Via Expressa. Quando abriu, seguiu em direção à rodoviária, momento em que foi atingido pela motocicleta.

Tudo começou bem antes, com a equipe da Rocam acompanhando o comportamento de masculinos que moram em uma residência na Rua Hermann Tribess, bairro Fortaleza. Segundo informações obtidas pela agência de inteligência, eles estariam praticando roubos na cidade e ostentavam fotos com armas de fogo em suas redes sociais.

Na semana passada foi feita uma tentativa de abordagem dessa moto, mas o condutor conseguiu fugir. Devido a quantidade de pessoas na rua, a equipe da ROCAM preferiu aguardar outro momento mais adequado, evitando que alguém se machucasse. Hoje a situação era mais apropriada, porque o suspeito estava em uma rua menos movimentada, mas quando percebeu os policiais, ele fugiu e depois envolveu-se no acidente.

 

 

O SAMU, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar atenderam a ocorrência. O homem que ainda não teve a identidade revelada foi levado ao Hospital Santa Isabel em estado grave, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu. Segundo o sistema SINESP, o número da placa da moto é de Blumenau, mas está escrito São José (SC).

O automóvel ficou bem danificado na área da colisão. Não temos informações sobre ocupantes do veículo e estaremos atualizando a matéria.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS