domingo, 24 outubro 2021
InícioGeralParque Ramiro Ruediger não tem banheiro para deficiente

Parque Ramiro Ruediger não tem banheiro para deficiente

 

Por Claus Jensen | Foto: OBlumenauense

A inclusão social aos deficientes está nas novas construções, cotas para eles/as em empresas e outras facilidades que melhoram a qualidade de vida dos que tem algum problema físico. O parque público mais querido da cidade, onde acontecem os grandes eventos, não foi pensado para quando eles precisarem utilizar o banheiro.

 

 

Isso porque no Parque Ramiro Ruediger não há banheiro para deficientes físicos. As condições de conservação deles também não são das melhores, além de só ter um vaso sanitário no banheiro masculino. Os outros estão quebrados? Não, um erro de projeto que poderia ter sido corrigido em 2008 quando o parque foi revitalizado.

 

 

É muito comum alguns usuários irem na choperia e pedirem para usar o banheiro de lá, o que não deve agradar o proprietário, já que é propriedade particular e não dá para virar público.

Mas quando falamos de pessoas com necessidades especiais, não é tão simples procurar um banheiro. Precisa ter as condições mínimas de higiene e os apoios para quem não tem como mexer suas pernas e utiliza os braços.

 

 

Seria o caso talvez desses paratletas que estava treinando no parque nesta segunda-feira (14/02/17)? Talvez seja necessário rever o que poderia ser melhorado nesses banheiros, com suas frágeis divisórias pichadas e condições nada agradáveis para os frequentadores, que incluem famílias, esportistas, skatistas, ciclistas, etc…

A responsabilidade de manutenção é da prefeitura. Essa é a maior e melhor “praça da cidade”, quase ao lado da Vila Germânica, que recebe milhares de pessoas durante o ano.  Sei que não é fácil manter conservados esses locais, afinal nem todos usam e cuidam bem do que é seu e meu.

Sugestão: usar parte do lucro da Oktoberfest para essas melhorias. Durante a Osterdort (Vila da Páscoa), que terá saída no Ramiro, muitos passarão por lá. O mesmo nos outros eventos, então tem a haver com o turismo.

 

Claus Jensenhttp://www.oblumenauense.com.br
Trabalhei com publicidade há mais de 30 anos, fiz teatro durante 8, apresentei programa de televisão outros 5 e sou blogueiro desde 2007. Mas minha maior paixão é a família, e claro, essa fascinante Blumenau.

MAIS LIDAS