domingo, 5 dezembro 2021
InícioGeralParalisação dos trabalhadores da Celesc tem adesão de quase 85% em Blumenau

Paralisação dos trabalhadores da Celesc tem adesão de quase 85% em Blumenau

celesc-Av-Duque-de-Caxias
Google Maps

Quem foi para a Celesc nesta terça-feira (23), não foi atendido em função da greve dos trabalhadores que reivindicam um reajuste de ganho real de 12%. Apenas os “atendimentos emergenciais” ou casos de queda de luz serão mantidos. Em Blumenau, cerca de 85% dos trabalhadores aderiram a paralisação estadual, enquanto no Estado já é de aproximadamente 90%.

Com isso, pedidos como ligação de energia, projetos, vistorias, fiscalizações e manutenções não serão atendidos. Quem monitora isso, é a central de triagem na rua das Palmeiras (Duque de Caxias), que irá informar o solicitante sobre a paralisação da categoria e orientará para que volte no dia seguinte.

Na última sexta-feira (19), a Celesc apresentou uma proposta de 6,75% de reajuste, onde há 0,40% de ganho real, segundo a categoria. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Eletricitários do Vale do Itajaí (Sintevi), Orlando Gretter, disse que há uma defasagem de 10 anos no salário dos trabalhadores.

Hoje, uma nova rodada de negociações acontece entre as 14h e 17h, em Florianópolis. Na próxima quinta e sexta-feira serão realizadas as assembleias com os servidores. Caso não se chegue à um acordo, a greve começa na próxima terça-feira (30), a partir das 6h. A paralisação é só um aviso, porque o atendimento será retomado nesta quarta-feira (24).

Em casos emergenciais, você pode ligar para 0800 48 0196. Os atendimentos comerciais, são feitos pelo 0800 48 0120, Caso falte luz, você pode mandar sms para o número (48) 196 com a mensagem: sem luz + o número da unidade consumidora ou CPF do títular da conta.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS