quarta-feira, 20 outubro 2021
InícioEntrevista"Para operar dentro da normalidade, Blumenau precisa de 210 ônibus" diz Presidente...

“Para operar dentro da normalidade, Blumenau precisa de 210 ônibus” diz Presidente do SETERB

Carlos-Lange_31-01-16_02

 

Fotos e entrevista: Luciano Bernz | Texto: Claus Jensen

O mês de fevereiro começa diferente de janeiro, quando ainda haviam todas as incertezas quanto ao futuro do transporte coletivo de Blumenau. O maior número de ônibus que irão operar é um exemplo, afinal serão 190, muito mais do que ofereciam todas as três empresas que faziam parte do Consórcio Siga. Na licitação que será feita daqui há seis meses, será exigida uma frota nova para a empresa vencedora.

Segundo o presidente do SETERB, Carlos Lange, o ideal para o transporte coletivo operar dentro da normalidade em Blumenau, seriam 210 ônibus. Essa foi uma das informações passadas na entrevista realizada na manhã deste domingo (31/01/16) por Luciano Bernz.

OBlumenauense: Depois de tantos problemas que Blumenau teve com o transporte coletivo Blumenau, está satisfeito com o desenrolar do processo até agora?

Carlos Lange: Estamos satisfeitos e temos muitas razões para dizer isso. Principalmente pela rapidez que nós conseguimos fazer essa migração, depois do rompimento do contrato [SIGA]. Foi realmente um trabalho muito grande, sério e bem fundamentado, em que a contratação da nova empresa aconteceu em curto espaço de tempo.

Dá muita satisfação em ver os ônibus [Viação Piracicabana] saírem da garagem, mas é evidente que vamos ter que avançar nos trabalhos para preparar a nova licitação. Mas eu creio que a população de Blumenau vai reconhecer todo esse esforço e compreender a situação.

 

Onibus Piracicabana 31-01-16 (2)

 

OBlumenauense: Com os 190 ônibus que iniciam a operação nesta segunda-feira (1/02), ainda existe deficiência de linhas ou o funcionamento será normal?

Carlos Lange: Para que o sistema possa operar dentro da normalidade, nós precisamos ter a disposição 210 ônibus. Nesse momento nós teremos o contingenciamento de alguns horários, mas no decorrer de fevereiro, com a chegada dos outros 50 ônibus, totalizando os 240, teremos 20 ônibus de reserva. Aí vai funcionar dentro daquela estrutura ideal que o diretor Lairto Leite e o gerente de transportes do SETERB, consideram o ideal para funcionar perfeitamente.

 

Obs.: Valerá a nova tarifa de R$ 3,65 que entrou em vigor no dia 27 de janeiro, dez dias após a publicação do Decreto 10.866, conforme previsto em lei. A passagem de domingo será de R$ 1,85 e de estudante R$ 1,83.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS