quarta-feira, 27 outubro 2021
InícioGeralObras do Complexo Penitenciário do Médio Vale entram em fase final

Obras do Complexo Penitenciário do Médio Vale entram em fase final

Presidio novo 18-12-15 (42)

Texto: Julia Voigt | Fotos: Josiane Longhi

As obras do Novo Complexo Penitenciário do Médio Vale do Itajaí, na cidade de Blumenau, entram em fase de finalização. Nesta sexta-feira (18), a empresa responsável pela execução dos trabalhos, a Verdi Construções, concluiu a parte interna da obra, que contempla toda estrutura da Penitenciária. A partir daí, restam apenas os serviços externos, com acabamentos, acessos ao local, calçadas, grades e telas.

A imprensa foi convidada a visitar as dependências do local e conhecer os detalhes de sua estrutura. Estiveram junto conosco o Deputado Estadual Jean Kuhlmann, secretário de Desenvolvimento Regional, Cassio de Quadros e o gerente regional de infraestrutura, Pablo Bork.

As obras iniciaram em fevereiro deste ano e seguiram em um ritmo acima do previsto para a conclusão. Apesar do contrato ter vigência até o mês de fevereiro de 2016, a expectativa era finalizar os trabalhos ainda durante o mês de dezembro. A grande incidência de chuvas, entretanto, reduziu a velocidade dos serviços, que serão concluídos durante o mês de janeiro.

A nova penitenciária terá capacidade para 599 apenados, ou seja, presos já julgados e condenados pela justiça. A estrutura, que está 95% concluída é dividida em quatro alas de celas, com capacidade para 150 apenados, mais pátio, cozinha, salas de trabalho, informática, área de apoio à saúde, espaço de visitantes, entre outros.

Ao todo, a estrutura é composta por 90 celas, de 15m². Dessas, 72 são coletivas, com oito camas, 14 são individuais para a triagem e 9 delas são adaptadas para os portadores de necessidades especiais, também individuais.
Além das camas, as celas contam com espaço para higiene pessoal, com pia, sanitário e chuveiro. Toda a estrutura foi erguida com materiais pré-moldados, fabricados em concreto e aço.

O investimento nesta primeira etapa foi de R$ R$ 36 milhões, com R$ 9 milhões para a aquisição do terreno de 336 mil m² e R$ 27 milhões para efetivar a obra.

Além da Penitenciária, o Complexo terá também a construção de um Presídio, com 352 vagas para quem aguarda julgamento e do Regime Semiaberto, com outras 240 vagas. Os projetos para as duas novas estruturas já estão concluídos e aguardam destinação de recursos.

Apenas com a conclusão do novo Complexo Penitenciário, o atual presídio de Blumenau poderá ser desativado.

Funcionamento da nova estrutura

A nova penitenciária deve iniciar suas atividades no primeiro trimestre de 2016. De acordo com a Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania, a questão do mobiliário para a estrutura já está encaminhada. A contratação de agentes, setor administrativo e demais profissionais para o atendimento dos apenados também está em fase de finalização.

 

Presidio novo 18-12-15 (1)

Presidio novo 18-12-15 (2)

Presidio novo 18-12-15 (3)

Presidio novo 18-12-15 (4)

Presidio novo 18-12-15 (5)

Presidio novo 18-12-15 (6)

Presidio novo 18-12-15 (7)

Presidio novo 18-12-15 (8)

Presidio novo 18-12-15 (9)

Presidio novo 18-12-15 (10)

Presidio novo 18-12-15 (11)

Presidio novo 18-12-15 (12)

Presidio novo 18-12-15 (13)

Presidio novo 18-12-15 (14)

Presidio novo 18-12-15 (15)

Presidio novo 18-12-15 (16)

Presidio novo 18-12-15 (17)

 

Presidio novo 18-12-15 (19)

Presidio novo 18-12-15 (20)

Presidio novo 18-12-15 (21)

Presidio novo 18-12-15 (22)

Presidio novo 18-12-15 (23)

Presidio novo 18-12-15 (41)

Presidio novo 18-12-15 (24)

Presidio novo 18-12-15 (25)

Presidio novo 18-12-15 (26)

Presidio novo 18-12-15 (27)

Presidio novo 18-12-15 (28)

Presidio novo 18-12-15 (29)

Presidio novo 18-12-15 (30)

Presidio novo 18-12-15 (31)

Presidio novo 18-12-15 (32)

Presidio novo 18-12-15 (33)

Presidio novo 18-12-15 (34)

Presidio novo 18-12-15 (35)

Presidio novo 18-12-15 (36)

Presidio novo 18-12-15 (37)

Presidio novo 18-12-15 (38)

Presidio novo 18-12-15 (39)

Presidio novo 18-12-15 (40)

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS