domingo, 24 outubro 2021
InícioGeralO CEPREAD, um antigo anseio do blumenauense, começa a se tornar...

O CEPREAD, um antigo anseio do blumenauense, começa a se tornar realidade

Texto e fotos: Luciano Bernz

Centro-Zoonoses_10

A Diretoria do Bem Estar Animal – criada pela administração do prefeito Napoleão Bernardes – e a prefeitura, estão construindo o CEPREAD – Centro de Prevenção e Recuperação de Animais Domésticos, na Itoupava Central.  A obra já é cobrada há muitos anos pela comunidade e os defensores dos animais. Além e visitar as obras e compartilhar as imagens com você, entrevistamos o diretor da pasta, Eliomar Russi, na tarde desta terça-feira (13).

Centro-Zoonoses_03

Eliomar explicou que o centro tem uma concepção diferenciada, e vai funcionar como se fosse uma UTI, e não como um canil. A construção está prevista para serem finalizadas em Junho e no mês seguinte, o mobiliário deve ser instalado.

Eliomar_Russi
Eliomar Russi – Diretor do Bem Estar Animal da Prefeitura de Blumenau

Primeiro, é uma concepção diferenciada. Ele se chamará CEPRERAD, que é um Centro de Prevenção e Recuperação de Animais Domésticos. Isso é uma concepção de gestão pública nova, até mesmo no país. Nós tentamos evidentemente ver as boas experiências que já existem nas grandes capitais e nos municípios que tem um trabalho em torno deste tema.

Blumenau não pode errar. Nós temos um déficit de muitos anos da ausência do poder público nessa questão. Nosso objetivo é que o poder público possa resgatar com o passar dos anos, todo aquele prejuízo que acabou deixando a situação hoje se tornar caótica. Esta é a grande realidade.

Todo blumenauense sabe que hoje em qualquer rua tem animais abandonados. O CEPREAD será como um local de acolhimento para animais que necessitam de tratamento. É bom deixar isso bem claro. Aquele animalzinho que foi atropelado, recebeu uma pancada ou foi vitima de uma agressão covarde, é encaminhado para o centro, passando por uma triagem pelos nossos médicos veterinários. Ele só vai pra lá para ser tratado, depois volta ao convívio da sociedade. No centro não terá animais sem motivo de tratamento.

Queremos deixar isso bem claro para a comunidade. Portanto não será recolhimento de animais, pois isso o Ministério Público já proíbe, porque é uma ação que não leva a nada, nem a lugar nenhum. Os municípios que até então tinham o popular canil, hoje estão com 2 problemas: o canil interditado, pois não tem mais onde colocar os animais; e as ruas cada vez mais cheias. E nós não queremos isso para Blumenau.

Precisamos achar um lar para os animais que estão nas ruas junto com a comunidade. Lares que evidentemente possam estar predispostos a recebê-los e investir na sua castração. Castrar os animais de rua e famílias de baixa renda, elimina a proliferação que atualmente ocorre.

Então a função do CEPREAD é bem específica: atender os animais que necessitam de atendimento médico veterinário, e abrir a possibilidade para a comunidade em programas de castração e vacinação, vermifugação; modalidades essenciais que muitas vezes a população não faz, por falta de condições financeiras.

Os animais sem dono que forem para lá, serão tratados e postos para adoção. Vamos ter que funcionar como uma UTI, com tratamentos breves, porque a demanda é significativa. O projeto não prevê de forma alguma, um espaço para canil. Ele prevê baias de tratamento, que estão sendo constituídas.  A satisfação será fazer com que um animal tenha bem estar lá dentro, pois já sofreu tanto na rua.

Ser lembrado pelas crianças, é outro ponto. Queremos que escolas públicas e particulares possam ir até o CEPREAD, participar de palestras educativas e entender o que é um animal, sua idade, seu porte e em que segmento está sendo tratado. Assim a nova geração crescerá com uma nova filosofia. Essa nova geração será o nosso grande apoio no futuro. Não é da noite para o dia que vamos melhorar a cidade. Mas com o passar dos meses, perceberemos uma mudança significativa em relação ao que é hoje: um caos total.

Questionado a respeito das ONGs que atuam hoje na cidade, o diretor disse que sempre serão parceiras da Diretoria de Bem Estar Animal.

Temos 5 ONGs hoje na cidade e uma grande parceria com elas. Não só com elas, mas também com os defensores independentes, pessoas anônimas na sociedade que fazem um trabalho belíssimo. Temos que conclamar a comunidade em geral, veículos de imprensa, porque irei me sentir muito feliz se estiver sempre rodeados de pessoas por lá. Precisamos tornar o centro, um ambiente agradável, de harmonia entre as pessoas e os animais, e que possam lá, aprender a conviver pacificamente. Os animais não vieram para incomodar ninguém, vieram para viver em paz na sociedade.

O CEPREAD será um grande aprendizado para todos nós. E que possamos mostrar, quem sabe para o nosso país, que tem solução para essa questão tão difícil que são os animais de rua. Que podemos com um pouco mais de esforço, dar mais de dignidade para eles.

Eliomar também destacou, que o prefeito Napoleão Bernardes foi muito corajoso na criação do centro, e que não vê a hora do CEPREAD estar pronto e funcionando.

O prefeito Napoleão foi muito corajoso na criação deste órgão. Desde a hora que recebi o convite, deixei bem claro ao prefeito que não poderíamos perder tempo. O CEPREAD, é um conceito novo. Pegamos aquilo de fato é interessante e estamos trazendo pra nossa realidade e poder oferecer um tratamento digno aos animais que precisam.

A cada dia que passa, vamos colocando um x no calendário para inauguração daquela obra. Porque vamos sim, realizar um grande sonho. Sonho de tantas pessoas, algumas que até já partiram, mas muito lutaram na sua vida para que chegasse esse momento. A obra é para estar pronta em Junho, para na sequencia irmos para a parte do mobiliário. Eu confesso que queria tudo pronto pra ontem, mas calculamos que até Julho ou agosto o CEPREAD já esteja funcionando.

 

Centro-Zoonoses_01

 

Centro-Zoonoses_02

Centro-Zoonoses_03

Centro-Zoonoses_04

Centro-Zoonoses_09

Centro-Zoonoses_07

Centro-Zoonoses_08

Centro-Zoonoses_06

Luciano Bernz
Responsável por toda a cobertura externa de OBlumenauense, sou nascido e criado em Blumenau. Trabalho há 25 anos com vendas, tendo passagem pela Rádio Blumenau e Rádio Clube de Itajaí, onde além de contato comercial, também fiz cobertura de festas e eventos.

MAIS LIDAS