segunda-feira, 26 julho 2021
InícioGeralNavegantes decreta situação de emergência

Navegantes decreta situação de emergência

gravata3_30-10-16

 

Texto e fotos: Julio Pollhein  | OBlumenauense

Avaliar estragos e possibilidades de recuperação da orla da praia de Gravatá foi à ordem do dia, na reunião realizada, nessa segunda-feira (31/10/16) na prefeitura de Navegantes (SC). Além de membros das secretarias e defesa civil, o prefeito eleito Emílio Vieira (PSDB) também participou do encontro.

Na madrugada de sábado (28), o pontal norte da praia foi o local mais atingido pela ressaca e maré alta – danificação de calçadas, decks e estrutura pública de recreação.   O objetivo do governo municipal é recuperar a área atingida antes da temporada de verão. Nesse período, a praia recebe grande número de banhistas e turistas.

Segundo a assessoria de comunicação da prefeitura, os números detalhados em relação aos prejuízos causados pelo fenômeno devem ser divulgados ainda hoje.  Os dados serão encaminhados ao governo federal, através do decreto de situação de emergência.

 

gravata6_30-10-16

 

A recuperação começou no domingo

A Defesa Civil do município iniciou os trabalhos no domingo (30) sinalizando algumas áreas com risco de desabamento próximo a estrutura comprometida. A intenção do órgão é possibilitar também segurança às pessoas que precisam circulação no local.

Neuza Michael, 68, proprietária de casa no local há mais de 20, lamentou os estragos e disse que apesar de ter visto outras ressacas, não lembra de algo parecido.

O fenômeno chegou a promover o assoreamento do sistema de drenagem das ruas e do Rio das Pedras e barra do Rio Gravatá. De acordo com o superintendente da Fundação Municipal do Meio Ambiente (FUMAN), Paulo Celso Mafra, as dunas e área de restinga que protegem parte da orla da praia evitaram o avanço maior do mar e mais estragos.

gravata-_30-10-16

ravata4_30-10-16

MAIS LIDAS