quinta-feira, 27 janeiro 2022
InícioGeralMunicípio estuda redução de custos para pagar reajuste do INPC aos servidores

Município estuda redução de custos para pagar reajuste do INPC aos servidores

Foto: Michelle Lamin

O Comitê Gestor da Prefeitura de Blumenau, ainda estuda alternativas para a redução de custos que se faz necessária para honrar o parcelamento do reajuste salarial dos servidores municipais. O Comitê solicitou ao prefeito Mário Hildebrandt mais 15 dias para apresentar a proposta final e reforçou o pedido a secretários e presidentes de fundações e autarquias para que apontem despesas que possam ser cortadas em suas pastas.

No último dia 18 de julho, a Comissão Permanente de Negociação (CPN) ofereceu ao Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Blumenau (Sintraseb) o parcelamento do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), apurado em 1,69%, em três etapas, para o encerramento da greve dos servidores. A primeira parcela, de 0,5% recairá sobre a folha de pagamento de agosto; a segunda, também de 0,5%, sobre a folha de dezembro; e a terceira, de 0,69%, sobre a folha de janeiro. A medida produzirá um impacto de R$2,5 milhões já em 2018 e exigirá do município a redução de outras despesas, já que a arrecadação deste ano foi abaixo do esperado.

Comitê Gestor

Instituído pelo Decreto 11.175, em janeiro de 2017, o Comitê Gestor de Governo é uma comissão de caráter permanente, que atua em apoio ao prefeito. Participam dele representantes do Gabinete do Prefeito (Gapref), Procuradoria-Geral do Município (Progem), Secretaria de Gestão e Transparência (Segg), Secretaria Municipal de Administração (Sedead) e Secretaria Municipal de Gestão Financeira (Segefi), nomeados pelo chefe do executivo.

Entre as funções exercidas pelo Comitê Gestor, estão o acompanhamento e fiscalização dos planos individuais de contenção e redução de despesas e ampliação de receitas apresentados pelos órgãos e entidades da administração direta e indireta; além da avaliação e proposição de outras ações adequadas para melhorar o controle dos gastos públicos e ampliação das receitas.

Por Aline Franzoi Santos Fleith [PMB]

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS