quarta-feira, 20 outubro 2021
InícioArtigoMulher, vença seu EU!

Mulher, vença seu EU!

 

Por Franciane Pérterle, psicóloga e Master Coach

Há cerca de um século que o Dia Internacional da Mulher vem sendo comemorado em várias partes do mundo, em diferentes datas. Entretanto, a busca por direitos sociais, políticos e econômicos das mulheres já tem registros anteriores. Nesse período, as mulheres já têm obtido muitas conquistas, como o direito de estudar, de votar, a licença maternidade, entre tantos outros. Contudo outras ainda são almejadas e necessárias.

Porém, há outro campo onde a mulher precisa vencer barreiras. É o campo do EU. A mulher tem um poder e um brilho incrível, mas deixa isso ser ofuscado pelo medo da opinião alheia, o receio de brilhar e até mesmo do imenso poder pessoal que possui. Nosso maior vilão somos nós mesmas. É preciso fortalecer a persona, se autoconhecer, descobrir as próprias forças e trabalhar nelas.

O primeiro passo é a mulher sentir-se merecedora. Muitas foram e ainda são educadas para servirem as demais pessoas e com isso acabam alimentando a crença limitante de não ser merecedora da própria felicidade, do lazer, do descanso, de um relacionamento onde haja reciprocidade, de fazer o que a faz feliz.

Dar menos valor para a opinião alheia também é uma ação importante. Uma parcela significativa das mulheres ainda acredita que é preciso ter o aval dos outros, em especial do companheiro, filhos e chefes, para ser aceita, quando o que realmente importa é o que ela mesma pensa e deseja. Afinal, amar é fazer por si mesma.

Ao encontro disso, é preciso assumir o controle de si mesma. A mulher tem o hábito de ter o controle de tudo, seja no relacionamento, na relação com os filhos ou no trabalho, sempre no sentido de tomar conta de tudo e cuidar de todos, mas acaba se esquecendo dela mesma. Por isso, é preciso deixar os outros um pouco de lado e passar a ter o autocontrole. Afinal, só podemos mudar a nós mesmos e nunca aos outros. O que vai mudar o próximo é a sua mudança de atitude.

Por fim, lembre-se que você é do tamanho das suas expectativas, então seja abundante. Deseje amar e ser amada, deseje ser feliz, deseje o que quiser, mas deseje muito em quantidade e qualidade. Não economize na sua própria felicidade.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS