Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Mulher será indenizada em R$ 2 mil após constrangimento por devolver compras em supermercado

 

 

 

Foto: Freepik

 

O Tribunal de Justiça confirmou decisão de comarca de Porto Belo (SC), que concedeu R$ 2 mil de indenização por danos morais para a cliente de um supermercado que passou por forte constrangimento no local. Segundo os autos, ela estava indo ao estacionamento, quando foi detida por funcionários da loja e orientada a devolver todas as suas compras, por causa de problemas com o cheque usado no pagamento.

Mas a cliente comprovou, que o cheque tinha sido assinado originalmente pela sua mãe, foi aprovado antes de iniciar as compras e depois ao passar pelo caixa. A mulher ainda apelou ao Tribunal de Justiça aumentar o valor da indenização, mas o pedido foi negado.

O desembargador Jairo Fernandes Gonçalves considerou o valor justo e explicou sua posição: “A sentença recorrida (…) se mostra razoável e atende à finalidade a que se destina, especialmente se considerado que quem a suportará não se trata de instituição financeira ou operadora de telefonia, mas sim de uma pequena rede de supermercados, com apenas quatro filiais.”

Tags

Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

Posts relacionados

Top