segunda-feira, 18 outubro 2021
InícioEsporteMetropolitano perde do Inter de Lages e fica em 5º lugar no...

Metropolitano perde do Inter de Lages e fica em 5º lugar no campeonato catarinense

Metro_Inter-Lages_21-02-16_12
Foto: Adelio May

 

Cobertura: João Paulo Taumaturgo

Jaraguá do Sul (SC) – O Inter de Lages (3º) garantiu seus três pontos com a vitória de 2×1 sobre o Metropolitano (4º).  O time de Blumenau começou tomando a iniciativa na partida, que ocorreu na tarde deste domingo (21) no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul.

Os dois times utilizaram escalações ofensivas, com três homens no ataque para explorar as jogadas pelos lados de campo. Antes do jogo começar, uma faixa lembrava “Cartão vermelho ao ao racismo. A regra é clara: preconceito não faz parte do jogo”.

 

Metro_Inter-Lages_21-02-16_01

 

O Inter aproveitou as falhas do Metrô no primeiro tempo e marcou dois gols. O verdão do Vale buscou lançamentos e bolas longas, já que teve dificuldades de criar as jogadas de ataque. Uma boa oportunidade surgiu aos 14 minutos do primeiro tempo, quando Harrison e Peu tabelaram e o meia do Metrô apareceu dentro da área para concluir, mas se desequilibrou e a bola não entrou na rede.

 

Metro_Inter-Lages_21-02-16_03

 

Aos 17 minutos, o Inter quase abriu o placar, depois que Valdo Bacabal cruzou a bola na área pela esquerda. Isac chutou para marcar, mas Juninho apareceu em cima da linha, fez o corte e evitou o gol do time de Lages. Mas não teve jeito, o Inter marcou seu primeiro no jogo com Petterson aos 22 minutos e Valdo Bacabal, 9 minutos depois.

Mas quando não é o dia do time, não tem jeito. Nem jogando com um atleta a mais, depois da expulsão do atacante Isac (I) no 1º tempo, que em disputa de bola alta, agrediu o zagueiro Elton (M), o Verdão conseguiu marcar o gol através de jogadas.

O Metrô voltou ao segundo tempo com mais pressão, depois da entrada dos jogadores Bruno Brito e Tiaguinho, que deixaram o time ficou mais ofensivo.

Aos 18 minutos do segundo tempo, Harrison arriscou um chute forte no gol da entrada da área, mas acertou o travessão. Como a bola tocou no gramado, os jogadores do Metrô pediram que fosse marcado o gol, mas o juiz mandou seguir o lance.

O time de Blumenau só conseguiu recuperar o prejuízo com um pênalti de Peu aos 28 minutos do 2º tempo. Um alívio que fez a torcida explodir com o grito de gol. Depois, os torcedores cantavam e vibravam com as jogadas ofensivas do Verdão, que pressionou até o lance final, mas errava o alvo na hora de finalizar.

Faltou no campo Léo Moura, que foi poupado por sentir dores musculares. Mas ele compareceu com a família no jogo, como mostra a foto de Adelio May.

 

Foto: Adelio May

 

No time de Lages, o zagueiro Petterson, que marcou o primeiro gol, passou mal e caiu no gramado assim que a partida acabou. Ele precisou ser atendido pela ambulância.

A próxima partida do Metrô será contra o melhor time do campeonato: a Chapecoense. O jogo acontece na quarta-feira, às 19h30min, em Chapecó. Já o Inter de Lages, joga em casa no Estádio Vidal Ramos Júnior, contra o Joinville às 21h45min. A partidas são válidas pelo 7ª rodada do turno.

 

FICHA TÉCNICA

Metropolitano: Everton; Iago (Matheus), Luan, Elton e Juninho (Tiaguinho); José Lucas, Pink e Diego (Bruno Brito); Rafinha, Peu e Harrison. Técnico: Valdir Espinosa.

Inter de Lages: Neto Volpi; Weriton, Cristian, Petterson e James (Carlos); Parrudo, Michel Schmoller e Fernando (Gustavo); Gabriel, Isac e Valdo Bacabal (Romarinho). Técnico: Waguinho Dias.

Gols:

1º tempo:

  • 22 minutos – Petterson (I)
  • 31 minutos – Bacabal (I)

2º tempo

  • 28 minutos – Peu (M)

Cartões:

  • Amarelos: Rafinha e Luan (M); James e Parrudo (I).
  • Vermelho: Isac (I).

Arbitragem: Heber Roberto Lopes, auxiliado por Nadine Bastos e Eli Alves.

 

 

Metro_Inter-Lages_21-02-16_04

Metro_Inter-Lages_21-02-16_06

Metro_Inter-Lages_21-02-16_07

Metro_Inter-Lages_21-02-16_02

 

Metro_Inter-Lages_21-02-16_10

Metro_Inter-Lages_21-02-16_09

 

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS