quinta-feira, 21 outubro 2021
InícioEsporteMesmo com a tragédia, Chapecoense é a grande favorita ao Título Catarinense...

Mesmo com a tragédia, Chapecoense é a grande favorita ao Título Catarinense de 2017

Foto: Inter de Lages / Divulgação

 

Por Edemir Júnior

Apenas dois meses após o trágico acidente em Medelín, a Chape conseguiu se reforçar muito bem dentro de suas possibilidades. Trouxe dois goleiros que seriam titulares na maioria dos times brasileiros, o lateral Reinaldo, que saiu queimado do São Paulo e se reinventou na Ponte Preta, entre outros bons jogadores. Também contará com uma grande torcida, no Brasil e quem sabe no mundo inteiro, e com isso é sem dúvidas a grande favorita ao Título Catarinense. O que pode pesar contra a Chape é a falta de entrosamento, que deve vim com o passar dos jogos.

No patamar abaixo da Chape estão o Figueirense, Avaí e Criciúma, que sempre são candidatos ao título. O Avaí nesta temporada aposta na manutenção do elenco de 2016, perdendo apenas duas peças do time titular e trazendo reforços pontuais, como o experiente zagueiro Gustavo, que já passou por clubes como o Palmeiras e Atlético Paranaense.

Assim como o Avaí, o Criciúma também apostou na manutenção do elenco, trazendo apenas dois reforços: o lateral direito Maicon Silva e o Atacante Pimentinha. Mas a principal novidade é na troca do comando técnico: saiu Roberto Cavalo e chegou o novato Deivid. Já o Figueirense fez uma reformulação de elenco após a queda para a Série B. Trouxe vários reforços, como o Atacante Zé Love, ex-Santos e Vitória. A hora que entrosar, deve vim forte para tentar detronar a Chape.

Correndo muito por fora, o Joinville aparece totalmente renovado após o descenso à Série C do Brasileiro. Trouxe o experiente meia Lucio Flávio de 37 anos para reger um time recheado de meninos da base. Na minha opinião, briga pra não cair ao invés de diputar o título.

Considerados pequenos, Brusque e Tubarão devem brigar para ser a surpresa do campeonato. Investiram bem, contratando jogadores experientes, como o colombiano Rentería por parte do Tubarão e o goleiro Rodolpho, que já foi eleito por duas vezes o melhor goleiro do nosso estado, por parte do Brusque.

Na briga contra o rebaixamento, Almirante Barroso, Internacional de Lages e Metropolitano devem brigar por duas vagas. Acredito que o Metrô não caia, pois já está desde 2005 na primeira divisão e essa não é a primeira vez que dizem vai cair. Com dinheiro curto, o Metrô apostou em jogadores que já passaram pelo clube, como o meia Thiago Cristian.

Já o Barroso aposta suas fichas no polêmico gramado sintético, onde muitos consideram vergonhoso o campo. Ademais, temos o Inter de Lages, que montou times bons e com jogadores conhecidos nas duas últimas temporadas. Porém nesta, parece que o dinheiro anda curto em Lages, obrigando o clube a buscar jogarores desconhecidos pela maioria dos torcedores. O destaque do Inter tende a ser o meia Enercino, famoso por suas dancinhas nas comemorações.

Espero que seja um belo campeonato catarinense, com ótima qualidade técnica, mas que acima de tudo, as torcidas façam suas partes, lotando os estádios e incentivando os jogadores a darem a vida dentro de campo.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS