quinta-feira, 13 maio 2021
Início Geral Mais de 100 casas deverão ser reconstruídas no Oeste

Mais de 100 casas deverão ser reconstruídas no Oeste

 

Foto: Fernanda Rodrigues / SAN
Foto: Fernanda Rodrigues / SAN

O levantamento traz os dados detalhados das 102 casas que deverão ser reconstruídas totalmente: 78 em Xanxerê e 24 em Ponte Serrada. “Aquelas que tiveram danos apenas nas estruturas de cobertura estão sendo atendidas desde o quarto dia após o evento e os relatórios das casas com danos parciais serão entregues nos próximos dias ao Ministério”, salientou o secretário adjunto de Defesa Civil, Rodrigo Moratelli. Ele foi acompanhado pelo secretário de Articulação Nacional, Acélio Casagrande, que fará o monitoramento junto ao Ministério até a liberação dos recursos. Para este grupo de atingidos, serão necessários R$ 5 milhões.

Conforme o plano de trabalho, serão erguidas casas de modelo modular pré-fabricado já constante no registro de preços do Governo do Estado, o que tornará mais ágil o processo. “Neste modelo as casas são construídas rapidamente, sendo que a meta é entregar até cinco unidades por dia”, salientou Acélio.

Por outro lado, Pereira Júnior garantiu que a análise será rápida, pois a intenção é tornar o caso de Xanxerê um modelo nacional em agilidade na resposta e na reconstrução pós-catástrofe natural. A expectativa é que em três meses as novas unidades habitacionais comecem a ser construídas. “Só iremos analisar a parte técnica, pois já está tudo aprovado pelo ministro”, acrescentou o secretário Nacional, apontando ainda que os valores serão repassados ao Governo do Estado que ficará encarregado da execução dos serviços.

Até o momento, o Ministério da Integração repassou o total de R$ 2,8 milhões para ações imediatas e para cobertura das casas. A Defesa Civil estadual também aportou R$ 700 milhões para este fim que, de acordo com Moratelli, representam cerca de 70% das 2.188 unidades atingidas.

via Secretaria da Defesa Civil de SC

Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS