quinta-feira, 27 janeiro 2022
InícioArtigoLista de desejos: seja gentil!

Lista de desejos: seja gentil!



Por Karin Bendheim | jornalista

Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil. Quem assistiu Extraordinário certamente lembrará que esta é uma das frases ditas no início do filme, por um professor. Ela também está no livro, que leva o mesmo nome. Inserida no contexto sobre os lemas que escolhemos para a nossa vida, a citação nos faz refletir.

Nessa época de fim de ano é comum fazermos uma retrospectiva dos últimos 12 meses. O que realizamos, o que apenas ficou no papel, como agimos no dia a dia, entre tantos outros pensamentos que divagam pela mente. Também traçamos metas e desejamos muitas coisas, como a velha história de emagrecer, voltar a estudar, fazer um serviço voluntário, gastar menos, viajar mais e por aí segue a lista.

Entretanto, se tivermos que escolher um lema em nossa vida, que tal optarmos por ser gentil?! Mas ser de verdade e não apenas estar gentil. Nesse período de Natal e chegada do novo ano costumamos estar gentis ou mais gentis. Desejamos tudo de bom aos colegas e até participamos de ações voluntárias que ajudam o próximo. Porém, e se desejarmos ser gentil o ano todo sem olhar a quem? Sabe, como uma daquelas metas ou objetivos que fazem parte da lista que promessas.

O filme Extraordinário mostra o impacto positivo na vida ao ser gentil. É ótimo para quem pratica e para quem recebe a gentileza. Reparemos em nosso dia a dia. Quando alguém é gentil conosco, simplesmente nosso dia fica melhor. Quantas vezes estamos com alguma dificuldade, de mau humor, atrasados, cheios de trabalho, aí alguém é gentil conosco e os problemas parecem simplesmente diminuir? Muitas. É sensação de acalento, de ser importante, querido. Faz bem ao coração.

Ser gentil não exige tanto. Um sorriso, um bom dia, um “olá, como vai?”, uma informação prestada com educação, um olhar nos olhos do próximo com atenção, entre tantas outras atitudes.

Se cada um de nós nos esforçarmos um pouco para ser gentil, que bom será. Menos mau humor, estresse e problemas. Em contrapartida, uma vida mais leve, simpática e feliz.

Importante! A gentileza precisa partir de nós mesmos. Não vamos esperar pelo outro para retribuir. Vamos ser os primeiros, afinal só podemos mudar a nós mesmos, não aos outros. É sendo gentil que podemos inspirar os demais a serem também.

Vamos colocar em nossa lista de desejos para 2018 e fazer disso uma prática constante. Ser gentil faz tão bem a nós quanto aos demais. Seja uma pessoa extraordinária. Seja gentil.

 

Jornalista Karin Bendheim

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS