terça-feira, 2 março 2021
Início Vale do Itajaí Balneário Camboriú Lar dos Idosos em Balneário Camboriú (SC) instala cortina de abraços

Lar dos Idosos em Balneário Camboriú (SC) instala cortina de abraços

 

 

 

 

Depois de ficar cerca de cinco meses sem receber o abraço da família, por conta da pandemia da Covid-19, os idosos do Lar Municipal São Vicente de Paula poderão estar com seus entes queridos de uma forma diferente. A casa asilar, que fica em Balneário Camboriú (SC), instalou uma “cortina de abraços” feita com plástico e que permite a retomada das visitas presenciais, com os devidos cuidados.

As visitas precisam ser agendadas previamente e não podem passar de 20 minutos. Mas já será possível conversar e dar aquele precioso abraço. Depois, o plástico da cortina é cuidadosamente desinfetado. Os familiares tem que usar máscaras e roupas de proteção, além de higienizar as mãos com álcool em gel.

 

 

“Estou muito feliz, sentimos muito a falta dele!”, disse Solange Ribeiro Dallagnol, que veio visitar o pai, Pedro Ribeiro, de 76 anos, residente do Lar. “Desde março não podíamos visitá-lo, e apesar de saber que meu pai estava sendo bem cuidado, com esse sistema, conseguimos aliviar a saudade”.

Para Liliane Borati, Diretora Organizacional do Lar São Vicente de Paula, essa medida é importante por promover a aproximação entre internos e familiares. “Em geral, as pessoas mais velhas são muito afetuosas, elas sentem falta do calor humano e das trocas de carinho, principalmente quando ficam muito tempo distante de pessoas de fora da instituição, principalmente de seus familiares. É uma ótima oportunidade de reencontrar a família”.

Desde o início da pandemia, Balneário Camboriú já registrou 5.305 casos positivos de Covid-19, 59 óbitos e 4.643 pacientes recuperados. A taxa atual de ocupação dos 26 leitos de UTI disponíveis no município está em 73%. Atualmente ainda há 603 pessoas em tratamento.

 

Medidas de segurança foram reforçadas durante a pandemia

Desde o início da pandemia de coronavírus, o Lar São Vicente de Paula tomou diversas providências visando proteger seus moradores. Ainda no dia 13 de março, foram restringidas visitas e eventos em seu interior e reforçadas medidas de higiene, e segurança.

Todos os funcionários, ao chegarem na Instituição, passam por verificação de suas temperaturas corporais, e recebem os equipamentos de proteção necessários. A instituição também passou por desinfecção em todas as dependências internas e externas, e fez testagem constantes nos internos e colaboradores.

Para tentar minimizar a carga emocional das normas adotadas para evitar o contágio contra a doença, boa parte dos idosos conversam com familiares por telefone ou aplicativos de celular.

 

 

Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS