sábado, 24 julho 2021
InícioGeralJovem atingido por queda de muro de contenção em temporal busca justiça...

Jovem atingido por queda de muro de contenção em temporal busca justiça depois que ficou paraplégico

Segundo a família e as advogadas, a prefeitura de Blumenau não tem ajudado em nada. Para eles a responsabilidade é do município, por ser uma obra pública.

A forte chuva de um temporal no dia 23 de março de 2021, acabou contribuindo na queda de dois muros no bairro Itoupava Norte, em Blumenau. Uma ocorreu na Rua Vereador Romário da Conceição Badia, matando um pedestre de 38 anos.

A outra aconteceu em um viaduto da Via Expressa e atingiu o jovem Mathias Ouriques Nicolodi, de 27 anos, que voltava a pé do trabalho e procurou abrigo. No local, caiu o muro de contenção ao lado da estrutura de concreto, lesionando a sua coluna. Ele sobreviveu, mas ficou paraplégico. Desde então, não tem sido dias fáceis porque hoje ele está em uma cadeira de rodas, e ninguém foi responsabilizado judicialmente pela estrutura que caiu sobre ele.

Nesta entrevista, você acompanha a luta dos pais do jovem, Adriana Ouriques Nicolodi e os Carlos Cesar Nicolodi, que relatam as dificuldades que passam desde então e como afetou a vida do filho. Eles dizem que entraram em contato com a prefeitura, mas não obtiveram respostas.

Agora contrataram duas advogadas, Vanessa Angelis de Souza e Rafaela Ouriques Gonçalves, para entrar com processo contra a prefeitura de Blumenau, pedindo reparação financeira. Entenda como a rotina de vida dessa família mudou.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS