segunda-feira, 25 outubro 2021
InícioEconomiaÍndice de inadimplência volta a subir em Blumenau

Índice de inadimplência volta a subir em Blumenau

Por Karin Bendheim

Após o índice de inadimplência registrar uma diminuição de -2,37% em dezembro de 2016, ele voltou a aumentar. De acordo com o levantamento feito pelo Departamento de Economia da Furb com base nos dados repassados pelo SPC – da CDL Blumenau, janeiro apresentou um aumento de 1,25% na inadimplência.

O resultado indica que houve maior número de registros no SPC e menor número de pessoas cancelando seus registros, explica o professor e economista Bruno Thiago Tomio, responsável pelo Projeto Cidadania Financeira no Vale do Itajaí. Apesar disso, houve um aumento no valor de crédito retornado aos comerciantes.

No Gráfico 1 é possível observar que no mesmo período do ano passado houve queda no índice (-6,41%). Em relação ao número total de registros em janeiro deste ano, isto é, a quantidade total de negativações pendentes em Blumenau, houve uma diminuição de -4,30% em relação ao mesmo dado de janeiro do ano passado.

 

 

Em relação a quantidade de registros em janeiro de 2017, houve um aumento de 49,25% em relação ao mês anterior, dezembro de 2016 (ver Gráfico 2). A quantidade de novos registros de dezembro de 2016 é 46,40% maior que aos valores registrados no mesmo mês do ano anterior.

 

 

Sobre os outros dados a respeito dos registros em Blumenau, o mês de janeiro de 2017 apresenta uma situação ruim em ambas variações, mensal e anual, com quase a totalidade dos indicadores variando positivamente. A exceção fica na variação anual, na qual tanto o valor total registrado no mês quanto o valor registrado por pessoa tiveram variações negativas, -7,00% e -30,70%, respectivamente (ver Quadro 1).

 

 

O Gráfico 3 apresenta a variação mensal da quantidade de cancelamentos. Em relação ao mês anterior, janeiro de 2017 apresentou uma redução de -15,53% nos cancelamentos de registros.

 

 

Conforme dados do Quadro 2, os indicadores de cancelamento de janeiro de 2017 apresentam alguns positivos e outros negativos. Em relação aos pontos positivos, há variações positivas em: (1) nas variações mensais: cancelamento por pessoas (4,91%), valor total dos cancelamentos (35,96%) e valor do cancelamento por pessoa (68,88%); e, (2) nas variações anuais: valor do cancelamento por pessoa (66,23%). Contudo, há pontos negativos também, ou seja, indicadores que variaram negativamente: (1) nas variações mensais: número de cancelamentos (-15,53%) e número de pessoas saindo da inadimplência (-19,49%); e, (2) nas variações anuais: número de cancelamentos (-49,00%), número de pessoas saindo da inadimplência (-42,83%), cancelamento por pessoas (-10,78%) e valor total dos cancelamentos (-4,97%).

 


Reduzindo a inadimplência
A fim de contribuir com a redução da inadimplência, a CDL Blumenau desenvolve ações para atingir dois públicos que estão relacionados ao índice de inadimplência: consumidor e lojista. Para o primeiro grupo, semanalmente a CDL Blumenau recebe alunos do Projeto Cidadania Financeira no Vale do Itajaí e profissionais do Departamento de Economia da Furb que realizam atendimento gratuito às pessoas físicas que interessadas em receber orientação financeira e tirar dúvidas nessa área. O atendimento, que ocorreu durante quase todo o ano de 2016, deve voltar a ocorrer a março deste ano.

Para os lojistas que são associados à CDL Blumenau, a entidade desenvolve o Fórum de Análise de Crédito. Realizado mensalmente, tem como objetivo promover a troca de ideias e informações pertinentes à análise de crédito, bem como levar aos participantes o que há de mais atual nessa área. Os associados interessados em participar podem entrar em contato com Marise pelo fone 3221-5705 ou pelo e-mail spc@cdlblumenau.com.br.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS