quinta-feira, 2 dezembro 2021
InícioSaúdeCoronavírusIndaial adquire 3 mil testes rápidos para identificação da COVID-19

Indaial adquire 3 mil testes rápidos para identificação da COVID-19

 

 

 

Foto: Ahmad Ardity [Pixabay]

 

A Prefeitura de Indaial adquiriu cerca de 2.000 testes rápidos para identificação da COVID-19. Em contrapartida, a Associação Empresarial de Indaial (Acidi) realizou uma campanha e fez a aquisição de mais 500 testes. O Judiciário da cidade também fez uma doação de R$75 mil ao Hospital Beatriz Ramos para a compra de 500 testes, somando assim 3 mil exames para o Município. A parceria tem o objetivo de proporcionar mais segurança e proteção aos indaialenses.

Cerca de 200 testes RT-PCR já estão em Indaial para utilização em casos suspeitos internados no HBR e para servidores da saúde que atuam na linha de frente e apresentarem sintomas. Os demais testes chegarão ao longo do mês de abril.

Os testes rápidos estarão disponíveis no HBR e serão utilizados após avaliação, cabendo exclusivamente ao médio a indicação de realização do teste rápido ou não. A pessoa para ser considerada suspeita de COVID-19 será aquela que apresentar pelo menos dois sinais e sintomas, sendo um deles respiratório, como: febre, saturação de O² <95%, tosse, coriza, sinais de cianose, batimento de asa de nariz, tiragem intercostal, dispneia, mialgia ou diarreia. Semelhante a um teste de gravidez, o teste rápido é feito a partir de sorologia, ou seja, com uma amostra de sangue do paciente retirada a partir de uma picada no dedo, e, segundo o Ministério da Saúde, ele faz o diagnóstico da infecção ao detectar uma resposta do sistema imunológico ao vírus. Em oposição ao RT-PCR, o teste rápido leva entre 15 e 30 minutos para exibir um resultado. Segundo o secretário de Saúde, Alexandre Dalabrida, a aquisição dos testes rápidos para COVID-19 configura-se como uma ferramenta para auxiliar no rastreio epidemiológico de disseminação da doença na população, desde que utilizado com critério conforme orientação do Ministério da Saúde. “Estamos buscando diferentes formas de proteger nossa comunidade. Os testes rápidos vão nos ajudar muito, podendo principalmente tomar medidas mais ágeis quanto ao isolamento e à prevenção de outras pessoas. Este é o momento de fazer tudo o que for possível para a prevenção”, disse o prefeito, André Moser.

Fonte: Prefeitura de Indaial (SC)

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS